Por fabio.klotz

Rio - Isaquias Queiroz está na história da canoagem brasileira. Ele conseguiu conquistar a medalha de prata na categoria c1000 e ficou atrás apenas do alemão Sebastian Brendel. O canoísta aproveitou a oportunidade e mandou um recado aos políticos brasileiros.

Isaquias Queiroz pede mais investimento no esporteClayton de Souza / Estadão / NOPP

"Essa medalha tem muito significado por eu ter começado em um projeto social. Mas também tem a tristeza por ele ter acabado. Foi começando ali que cheguei a uma medalha olímpica. Se vocês puderem tirar uma foto da medalha e mandar para o Planalto, falem para eles pararem de brigar e pensar no Brasil. Invistam no esporte e nos atletas. A gente vê a potência que os Estados Unidos são também por causa disso. Esporte transforma vidas. Daqui pra frente meu resultado, da Rafaela Silva (judô) e outros possam abrir os olhos da sociedade e que confiem mais nos seus atletas", disse o baiano.

Isaquias se mostrou muito feliz com a medalha de prata, mas quer mais. Ele sonha com mais duas para fechar sua performance na Rio-2016.

"Estou muito feliz pela medalha de prata e ter ficado atrás apenas desse monstro que é o Sebastian Brendel. Ele rema muito, admiro demais. Ainda tenho duas provas e o objetivo são três medalhas. No c1 200m eu não posso errar e com o Erlon Souza (c2 1000m) acho que podemos conseguir", disse animado o atleta de 22 anos.

Você pode gostar