Por fabio.klotz

Rio - Isaquias Queiroz fez história, nesta terça-feira, no Estádio da Lagoa. O baiano conquistou a primeira medalha olímpica para o Brasil na canoagem velocidade. Ele não quer parar por aí. A confiança de subir no pódio no Rio é grande.

Isaquias Queiroz é o primeiro medalhista olímpico do Brasil na canoagem Clayton de Souza / Estadão / NOPP

"É gratificante, mas vem mais por aí. Estou focado nas próximas provas", declarou o baiano de Ubaitaba.

Isaquias bateu na trave na C1 100m. Ele brigou até o fim com o alemão Sebastian Brendel, medalhista de ouro. Agora, o baiano se concentra em outras duas provas: a canoa individual de 200m, quarta e quinta, e a canoa dupla de 1.000m, na sexta e no sábado.

Você pode gostar