Fluzão cozinhou o Galo

Sistema defensivo do Tricolor, tão criticado, foi quase perfeito, dando ao goleiro Diego Cavalieri total proteção

Por O Dia

Rio - O Fluminense alvejou a baliza do Atlético-MG no primeiro tempo três vezes e fez dois gols. Dourado batendo pênalti de Marcos Rocha sobre Richarlison fez 1 a 0, aos 36. E, dois minutos depois, foi Dourado quem cruzou para Richarlison de cabeça aumentar. Os tricolores ainda comemoravam quando Gabriel, de cabeça, diminuiu para o Galo. Esses gols acenderam o jogo no segundo tempo. O Fluminense se defendendo e o Atlético pressionando. Sem Scarpa, que saiu cansado, o Tricolor se fechou para segurar o resultado. O sistema defensivo, tão criticado, foi quase perfeito, dando a Cavalieri total proteção. Fred não teve espaço e, bem marcado, não conseguiu produzir. Roger lançou Rafael Moura para ajudá-lo, mas o He-Man não teve a força. O Galo terminou o jogo pressionando, mas não escapou da panela. Justa e merecida a vitória do Fluminense, vice-líder do campeonato, que, no sábado, às 16h, vai encarar o Vasco em São Januário. Vai sair faísca.

Vinícius Junior já

Não sei se Vinicius Junior será o craque que promete ser. São muitas as curvas perigosas na carreira de um jovem jogador. O que sei é que o moleque joga bola e já tem novo dono. Em junho de 2018, ao completar 18 anos, vai para o Real Madrid. Isso quer dizer que a torcida rubro-negra só terá esta temporada para curtir o futebol do garoto, que, jogando, desenvolverá a sua arte e, de quebra, aprenderá espanhol no meio da legião estrangeira que habita hoje o elenco do Flamengo.

Pedaladas

Repararam como tem treinador escalando equipes mistas no Brasileirão? Fazem isso para equilibrar os grupos fisicamente dentro deste calendário maluco em prejuízo dos espetáculos.

Vaiado na despedida, Jorge Sampaoli deixa o Sevilla para assumir a seleção da Argentina, onde nunca trabalhou como treinador. Estreia no amistoso com o Brasil, dia 9 de junho, em Melbourne.

Paulão chegou chegando na defesa do Vasco.

Bola dentro

Com Nenê no banco, o Vasco venceu o Bahia por 2 a 1. Luis Fabiano fez o gol 400, seu primeiro na Colina, e o time só não goleou graças ao goleiro Jean.

Bola fora

Se a Comissão de Arbitragem da CBF cumprir a ameaça de mandar para divisões inferiores os juízes que erram, antes da virada do turno, não sobrará um.

Últimas de _legado_A palinha do Apolinho