A Palinha do Apolinho: Urubuzão abre as portas

'Não tenho dúvida de que o árbitro voltou atrás no pênalti marcado a favor do Avaí no jogo com o Flamengo porque houve interferência externa'

Por O Dia

Finalmente a Nação Rubro-Negra conhecerá sua nova casa. Com bola rolando mais cedo, às 21h, o Flamengo de Zé Ricardo receberá a perigosa Ponte Preta na inauguração do Urubuzão. O Estádio da Portuguesa sempre foi agradável, o Botafogo o utilizou e com as modificações ficou ainda melhor. Os problemas estão no entorno. Não há estacionamento e as dificuldades no trânsito para chegar e sair são problemas crônicos que espantam torcedores e tiram a paz dos moradores. O Flamengo fez a sua parte, caberá aos torcedores zelar para que o local continue limpo e confortável. Quanto ao jogo, não deverá ser fácil, até porque nada está sendo fácil para os rubro-negros neste campeonato. Em seis jogos, apenas uma vitória, diante do Atlético-GO. Nos demais, quatro empates e uma derrota, dez pontos atrás do líder, muito distante do que se esperava. Que o Urubuzão abra as suas portas em noite de festa, inspiração e transpiração.

JUIZ DE FORA

Não tenho dúvida de que o árbitro Paulo Vollkopf voltou atrás no pênalti marcado a favor do Avaí no jogo com o Flamengo, domingo, na Ressacada, porque houve interferência externa. O árbitro de linha estava de frente. Se tivesse certeza de que não houve a falta, teria sinalizado na hora. O mesmo poderia ter feito o bandeirinha que corria lateralmente. Nada foi feito, o árbitro marcou e Juan já estava pronto para bater o pênalti quando veio o aviso. Funcionou o juiz de fora, ‘Juiz de Vídeo’.

PEDALADAS

O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, e Antônio Lopes estão em Assunção para acompanhar o sorteio dos jogos da próxima etapa da Libertadores.

Gabriel Jesus isentou Otamendi de culpa no choque que provocou a lesão facial. Disse que foi um acidente. Foi como vi o lance.

Milton Mendes tem problemas no Vasco. Quando melhora o ataque, falha a defesa, e vice-versa. Cobre os pés, descobre a cabeça.

Últimas de _legado_A palinha do Apolinho