A Palinha do Apolinho: Corinthians fica com a mão na taça

Vitória no clássico contra o Palmeiras deixa o Timão bem perto do hepta

Por O Dia

Rio - Foi um jogo emocionante, disputado com intensidade pelas duas equipes e o Corinthians chegando a vitória por 3 a 2, abrindo vantagem de seis pontos sobre o Santos e oito em cima de Grêmio e Palmeiras. Faltando seis rodadas, é muito difícil tomar esse caneco do Timão. Não foi um jogo técnico, foi marcado pela entrega e decidido em falhas individuais. No primeiro gol de Romero, erros conjuntos, de marcação da defesa e desatenção da arbitragem, Romero estava claramente impedido. Egídio e Edu Dracena em tarde infeliz ajudaram com erros claros e sucessivos que proporcionaram ao Corinthians estabelecer a vantagem de 3 x 1 ainda no primeiro tempo. No segundo tempo o Palmeiras foi a luta com disposição, mas sem qualidade, o Corinthians tomou o segundo gol e optou por se defender para garantir o resultado, o que acabou conseguindo. Para tomar esse caneco da Fiel vai ser preciso reza forte de Mãe de Santo corcunda.

Corinthians está perto do título do BrasileiroDivulgação / Corinthians

ASPIRANTES, UMA IDEIA DE GÊNIO

Os clubes envolvidos em competições paralelas, treinadores e jogadores reclamando do excesso de jogos que encurtam os intervalos, diminuindo desta maneira o tempo de treinamento e recuperação de contundidos, e no meio disso aparece alguém na CBF com uma ideia genial e imediatamente a bota em prática. Está criado e lançado o Campeonato Brasileiro de Aspirantes. São apenas dez clubes envolvidos na disputa porque os outros não aceitaram se meter nessa cumbuca. Inacreditável.

PEDALADAS

Acusado de doping, Guerrero está em Lima onde foi recolher informações para fazer sua defesa, na Fifa. A pena mínima, caso condenado, é de quatro anos e vai até o banimento. Para atenuar, só com provas robustas e inquestionáveis.

Fluminense precisa de mais uma vitória para espantar o fantasma do rebaixamento. Não cai mais.

Vasco perde o zagueiro Anderson Martins com lesão muscular logo no início do jogo com o Vitória. Vai fazer muita falta.

BOLA DENTRO

Evertonentrou no Grêmio aos 23 do segundo tempo, quando o Flamengo vencia por 1 a 0, empatou aos 24 e virou aos 26. Renato gostou e com essa ele deve ter conquistado a titularidade.

BOLA FORA

O desempenho do Flamengo é incompatível com o custo do seu futebol. Jogadores ganhando muito bem, alguns mesmo sem entrar em campo e o time patinando na tabela.