A Palinha do Apolinho: O duro trabalho de Tite

O técnico tem desenhada não só a lista como a própria formação ideal, mas é preciso manter as expectativas imaginando possíveis eventualidades

Por O Dia

Rio - O trabalho motivacional de Tite na Seleção não se restringe ao grupo de jogadores convocados, é muito mais abrangente e tem como alvo todos os demais pretendentes à tão sonhada vaga na lista final para a Copa do Mundo da Rússia. Na sua cabeça, o técnico tem desenhada não só a lista como a própria formação ideal, mas é preciso manter as expectativas imaginando possíveis eventualidades. Sou capaz de apostar meus chinelos que, o que para todos aparece como solução, para Tite seja o único problema: Neymar. Sim, é isso mesmo. Nosso melhor jogador é o maior problema. Esse time está entre os melhores montados nos últimos tempos, mas precisa ser trabalhado para jogar sem a sua referência. O trabalho tem que ser feito com duas metas. Preparar a equipe para jogar sem Neymar e preparar Neymar para evitar que isso aconteça. Hoje, todo mundo sabe o que fazer para desequilibrar emocionalmente nosso craque. Tite não pode esperar que aconteça.

Tite vive reta final de trabalho visando a Copa do Mundo Pedro Martins / MoWA Press

PILOTOS VELOZES E MUITO FURIOSOS

A equipe Mercedes foi assaltada na saída do Autódromo de Interlagos depois de treino da F-1 para a corrida de hoje, em São Paulo. Os assaltantes interceptaram a van e tiros foram disparados. Foram roubados objetos pessoais, dinheiro e passaportes. O episódio não é inédito e provocou a indignação de todos, especialmente do piloto inglês Lewis Hamilton, que não estava na van e protestou pelas redes sociais. Os maldosos dizem que o piloto brasileiro Rubens Barrichello escapou porque vinha muito atrás.

PEDALADAS

Nova Zelândia e Peru empataram em 0 a 0 no primeiro jogo pela repescagem das Eliminatórias para a Copa do Mundo. No segundo jogo, na quarta-feira, em Lima, qualquer empate com gols será da Nova Zelândia.

Guerrero será julgado no dia 30 e as chances de escapar de uma dura pena por doping são pequenas.

A torcida do Palmeiras cobra desempenho, e o jogo com o Flamengo pode ser um estopim com chama em progresso. Se ninguém pisar em cima, explode.

BOLA DENTRO

O gol do lateral Marcelo na vitória do Brasil sobre o Japão foi um dos mais bonitos na sua vitoriosa carreira. Uma bomba de pé direito desferida de fora da área por um jogador canhoto.

BOLA FORA

Hope Solo, goleira da seleção dos EUA, acusa Blatter, ex-presidente da Fifa, de ter apalpado sua bunda na festa dos melhores de 2013. Blatter se defende, diz que a regra é clara e que foi na bola.

 

 

Últimas de _legado_A palinha do Apolinho