A Palinha do Apolinho: Peruano fora da Copa

Paolo Guerrero recebeu constrangido a sentença da Fifa, que o suspendeu por um ano, pena que vai se estender até 3 de novembro de 2018

Por O Dia

Rio - Flagrado no exame antidoping no jogo entre Peru e Argentina, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia, realizado em Buenos Aires, no dia 5 de outubro, Paolo Guerrero recebeu constrangido a sentença da Fifa, que o suspendeu por um ano, pena que vai se estender até 3 de novembro de 2018. Nesse período, Guerrero, que completará 34 anos no próximo dia 1º, não poderá participar de partidas de futebol, oficiais ou amistosas pelo Flamengo, com quem mantém contrato com validade até 10 de agosto de 2018 e pela seleção do Peru, qualificada para disputar o Mundial. A defesa do jogador considerou a pena injusta e já anunciou que vai recorrer e irá até a ultima instância. O recurso inicial deve ser encaminhado ao Tribunal de Apelações da própria Fifa. Caso a pena seja mantida, restará como última tentativa o encaminhamento à CAS (Corte Arbitral do Esporte). De qualquer forma, por mais ágil que seja o processo, o caminho é longo e com pouca chance de alcançar êxito.

TÉVEZ DE SAÍDA DO FUTEBOL CHINÊS

Dono do maior salário entre os jogadores de futebol do planeta, embolsando cerca de R$ 145 milhões anuais, Carlitos Tévez decepcionou os chineses do Shanghai Shenhua, que não o viram brilhar. Wu Jingui, técnico da equipe, declarou que Tévez está gordo e vem sofrendo com seguidas lesões de panturrilha (batata da perna). E disse que não o escalaria pelo nome. Tévez atuou em somente 12 jogos, balançado as redes duas vezes. Milonário aos 34 anos, o craque pensa em voltar para a Argentina e viver a vida.

PEDALADAS

Além do Barcelona, que saiu na frente com foto do jogador vestindo a camisa e tudo, o Chelsea está de olho no jovem Artur, destaque do Grêmio, que, lesionado, desfalca o time gaúcho no Mundial de Clubes em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

O Maracanã terá um esquema especial para o jogo de quarta-feira entre Flamengo e Independiente, decisivo pela Copa Sul-Americana. O policiamento externo será reforçado e haverá uma barreira evitando possíveis tentativas de invasão.

BOLA DENTRO

O técnico Abel Braga recusou propostas bem mais compensadoras para ficar no Fluminense em 2018, mas jogou claro com a direção do clube sobre a necessidade de reforços.

BOLA FORA

O Flamengo fecha o ano com mais de 80 partidas disputadas. Um absurdo que precisa ser combatido. O clube deveria usar a força que tem para influenciar na elaboração do calendário.

Últimas de _legado_A palinha do Apolinho