Antonio Tenório perde para sul-coreano e fica com a medalha de prata

Brasileiro não conseguiu conquistar o pentacampeonato da Paralimpíada

Por pedro.logato

Rio - O ouro não veio, mas as homenagens da torcida brasileira a Antônio Tenório na final do judô superaram qualquer decepção que pudesse abater o maior medalhista paralímpico da história da modalidade. Derrotado por Gwanggeun Choi, da Coréia do Sul, com um ippon, Tenório acabou conquistando a única medalha que ainda não tinha no vasto currículo: a prata.

Antonio Tenório ficou com a medalha de prataCleber Mendes/MPIX/CPB

Tetracampeão paralímpico (Atlanta-1996, Sydney-2000, Atenas-2004 e Pequim-2008), além de bronze em Londres-2012, o brasileiro fez sua despedida dos tatames paralímpicos em uma decisão bem equilibrada com o sul-coreano, que já havia sido ouro há quatro anos, na Inglaterra. Em uma rápida ação, Choi conseguiu aplicar um Ouchi Gari - golpe em que o atleta faz um gancho entre as pernas do adversário - e a entrada foi fatal.

A pequena torcida da Coreia do Sul foi quem vibrou mais alto, mas somente nos primeiros segundos posteriores a vitória. Depois, mesmo com Tenório derrotado, o público presente na Arena Carioca 3, no Parque Olímpico, fez uma grande festa para o brasileiro, reconhecendo seu esforço e toda a carreira dedicada ao esporte. Completaram o pódio, o cubano Yordani Fernandez Saestre e o uzbeque Shirin Sharipov, com as medalhas de bronze.

Reportagem de Antonio Júnior


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia