Com facilidade, Shirlene sobra e fatura o bicampeonato no lançamento de dardo

Brasileira vence ao alcançar 37,57m na terceira tentativa no Engenhão

Por edsel.britto

Rio - A Rio-2016 promete ser inesquecível na carreira de Shirlene Coelho. Se não bastasse a emoção ao carregar a bandeira na abertura da Paralimpíada, a brasileira voltou a subir no lugar mais alto no pódio neste sábado ao cravar 37,57m no lançamento de dardo na classe T37, para atletas com paralisia cerebral, e faturar o bicampeonato.  O pódio teve ainda duas chinesas. Na Mi foi prata com 30,18m, melhor marca da carreira, Qianqian Jia levou o bronze com 29,47m.

Esta é a terceira medalha de da goiana nos Jogos. Além do ouro em Londres 2012, conquistado com direito a quebra de recorde mundial (37,86m), ela também tinha uma prata de Pequim 2008. Na Rio 2016, ela compete ainda outras duas vezes, no arremesso de peso e no lançamento de disco.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia