Felipão apoia que jogadores tomem posição sobre manifestações

Avesso a tratar assuntos não relacionados ao futebol em suas entrevistas, técnico falou sobre caso nesta terça-feira

Por O Dia

Fortaleza - Em meio a recente onda de protestos, os jogadores da seleção brasileira começaram a demonstrar apoio às manifestações políticas que tomaram o país. O técnico Luiz Felipe Scolari, avesso a tratar assuntos não relacionados ao futebol em suas entrevistas, falou nesta terça-feira sobre a situação, rechaçando que exista veto ao tema.

"Personalidade todos nós temos e precisamos definí-la. Os jogadores tem total libertade para ter sua opinião, desde que assuma. Na seleção nós não proibimos nada. Acho normais as manifestações porque também parece que essa alienação que é imposta aos nossos atletas profissionais está deixando de existir", opinou o treinador.

Felipão falou sobre protestos pelo paísDivulgação

Mais cedo, o atacante Hulk revelou ter tido vontade de sair às ruas com os manifestantes que protestaram próximo ao hotel da Seleção em Fortaleza nesta segunda-feira. David Luiz, que também falou com a imprensa no fim da manhã, também demonstrou simpatia com a mobilização.

"Sou um brasileiro que vive fora, mas amo meu país. Espero que o Brasil possa ser cada vez melhor, sou a favor das manifestações pacíficas, eles têm o direto de expressar a opinião", afirmou o zagueiro.

Últimas de _legado_Seleção Brasileira