Pedro Solberg e Evandro, do vôlei de praia

Cariocas vão disputar o ouro perto da família e dos amigos

Por O Dia

Cariocas, Pedro Solberg e Evandro estão classificados para disputar uma Olimpíada em casa, competindo na Arena de Copacabana, com os amigos e a família por perto. Juntos desde outubro de 2014, eles despontaram no cenário mundial e, assim, a dupla garantiu uma vaga para ser uma das duas representantes do País nos Jogos de 2016. No ano passado, Pedro e Evandro subiram ao pódio no Campeonato Mundial da Holanda, conquistando o bronze.

"No começo, ainda não tínhamos o formato definido do nosso time, mas tínhamos a vontade de jogar um com o outro. Sempre achei que faríamos um time forte, acreditei e acredito o tempo inteiro, mas sei que ainda podemos melhorar. Estamos progredindo", comenta Pedro. "Sou muito apegado ao Rio, sou nascido e criado na cidade, onde tenho muitos amigos. Será muito especial e ainda mais competindo ao lado do Evandro, que também é carioca", diz.

Evandro e Pedro Solberg%2C do vôlei de praiaMontagem / Agência Petrobras

Filho da ex-jogadora de vôlei Isabel e do cineasta Ruy Solberg, Pedro começou a jogar na quadra pelo Fluminense em 1995. Foi para a praia em 2002, seguindo os passos das irmãs Maria Clara e Carolina. Em 2008, tornou-se o mais jovem campeão do Circuito Mundial aos 22 anos, jogando ao lado de Harley. E passou a despontar como uma das grandes promessas da modalidade.

Seu parceiro, o gigante Evandro, de 2,10m, começou a jogar nas quadras do Tijuca Tênis Clube, em 2003. Defendeu o Fluminense (RJ) e o Banespa (SP), além das seleções brasileiras infanto-juvenil e juvenil. Passou a jogar nas areias no fim de 2009 e, no ano seguinte, representou o Brasil no Campeonato Mundial Sub-21.