Carlos Alberto considera vitória no Tribunal como um título

Meia do Vasco agradece ajuda dos companheiros

Por O Dia

Rio - Carlos Alberto conseguiu uma vitória importante fora das quatro linhas. O meia do Vasco foi absolvido, nesta quarta-feira, de julgamento por episódio de doping. Ele foi inocentado por 4 votos a 1. Aliviado, o jogador considera a decisão no Tribunal como um título.

Carlos Alberto foi julgado pelo TJD/RJCarlos Moraes / Agência O Dia

"O Tribunal me devolveu meu direito ao trabalho e a viver. A partir de agora vou treinar o máximo possível para recuperar o tempo perdido. Gostaria de agradecer a todos que me apoiaram, especialmente o pessoal do time. Wendel e Renato Silva foram superimportantes neste momento. Já passei por muita coisa na minha carreira, mas ser acuasdo por doping foi algo novo, mas tive um grande respaldo da Luciana Lopes (advogada de defesa do meia), que foi muito feliz e eficiente durante a defesa", disse o meia.

Após o clássico com o Fluminense, pelo Carioca, Carlos Alberto foi flagrado em exame antidoping com as substâncias hidroclorotiazida e carboxi-tamoxifeno (metabólico do tamoxifeno). Ele estava suspenso preventivamente. Agora, depois da absolvição, a Procuradoria tem até cinco dias para recorrer da decisão.

"Posso considerar esta vitória como título. Sou uma pessoa que cresceu aprendendo a reconhecer e ser grato por tudo de bom que me acontece. Jamais vou esquecer o que ela fez hoje no Tribunal. Vou ser grato a Luciana para sempre", afirmou Carlos Alberto.

A advogada retribuiu as palavras de Carlos Alberto e agradeceu a confiança.

"Eu que serei eternamente grata a ele. Carlos Alberto depositou a vida, a carreira dele, nas minhas mãos. Graças a Deus deu tudo certo. Não dá para saber o que vai acontecer nos próximos dias (qual vai ser a postura da Procuradoria), mas o resultado foi o mais justo que podia acontecer", disse a advogada.