Reforços podem dar novo gás para Dorival Júnior no Vasco

Com o time em queda, diretoria garante que Juninho e Montoya vão ser inscritos essa semana

Por O Dia

Rio - O momento do Vasco não é animador e já deixa os torcedores preocupados. Ainda longe de ter a cara do técnico Dorival Júnior, o time vem de duas derrotas no Campeonato Brasileiro e está na zona de rebaixamento da competição. O novo comandante, entretanto, ganha um novo gás. Ao contrário da previsão pessimista do novo treinador, a diretoria do Gigante da Colina confirmou ontem que Juninho e Montoya vão ser inscritos essa semana e vão poder estrear contra o Fluminense, domingo, no Maracanã.

Dorival Júnior espera chegada de reforçosCarlos Moraes / Agência O Dia

Após a derrota por 1 a 0 para o Flamengo, Dorival Júnior afirmou que dificilmente iria contar com o camisa 8 na próxima rodada. Mas, ao que tudo indica, o Reizinho, que voltou para o Vasco semana passada após rescindir seu contrato com o New York Red Bulls, deve ser regularizado junto à CBF até sexta-feira. Negociado sem vínculo, o caso do veterano é considerado mais simples do que o de Montoya.

“Se for inscrito, tenho condições físicas de jogar contra o Fluminense”, disse o Reizinho, em sua apresentação sexta-feira.

Destaque no All Boys, da Argentina, o jovem apoiador colombiano chegou há exatamente um mês em São Januário. Tempo para mostrar serviço nos treinamentos e encher a comissão técnica e os torcedores de expectativa. Porém, questões ligadas a documentação com o ex-clube e um depósito que deveria ter sido feito aos argentinos impediram sua inscrição.

De acordo com o diretor geral do Gigante da Colina, Cristiano Koehler, todos os problemas já foram resolvidos e ambos vão estar à disposição de Dorival Júnior. Caberá ao treinador a decisão de escalá-los ou não.

“Posso garantir que os dois jogadores vão estar inscritos e vão poder atuar contra o Fluminense. A ideia é deixá-los à disposição do Dorival, mas é claro que a presença de Juninho e Montoya vai depender da avaliação do treinador”, explicou o dirigente.

Ambos os atletas aparecem justamente no momento em que o setor de criação é questionado. Contra o Flamengo, o comandante reconheceu que seu time precisa melhorar na ligação entre a defesa e o ataque.

Helton e Sheik em pauta

Além de garantir as certidões de débito esta semana, o que deve trazer novos patrocínios e a entrada de aproximadamente R$ 30 milhões nos cofres do clube, a diretoria do Vasco promete trabalho intenso para reforçar o elenco o quanto antes. Ontem, o diretor geral Cristiano Koehler falou sobre o interesse do Gigante da Colina em repatriar o goleiro Helton e contratar o atacante Emerson Sheik.

“Sobre o Helton, é o presidente Roberto Dinamite que está tratando o assunto e não podemos falar muito sobre o que está acontecendo. O Sheik, por sua vez, é um atleta muito interessante. Mas temos de respeitar o jogador, que tem contrato com o Corinthians até o fim do ano. Precisamos ir com calma para agir no momento certo”, esclareceu Koehler.