Por ulisses.valentim

Rio - Reencontro com data marcada! Regularizado e em boas condições físicas, Juninho fará sua reestreia pelo Vasco no próximo domingo, no Maracanã. A presença no clássico com o Fluminense terá um gosto completamente especial para o craque, que estará de volta ao Maior do Mundo após 13 anos. Sem conseguir atuar no estádio em sua última passagem pelo clube, quando a arena estava fechada para obras, o Reizinho atuou nos gramados do Maraca pela última vez na vitória do Vasco sobre o São Caetano, na decisão do Campeonato Brasileiro de 2000, por 3 a 1.

Clássico contra o Fluminense marca o retorno de Juninho Pernambucano ao MaracanãArte%3A O Dia Online

Confirmado entre os titulares, Juninho será um dos grandes protagonistas do duelo, principalmente pelo significado do retorno ao Maracanã, palco também de seu último título pelo Vasco. No duelo contra o São Caetano, no dia 12 de janeiro de 2001, o Reizinho foi o primeiro a balançar as redes para o Gigante e acabou a partida sendo aclamado pela torcida com os gritos de "fica", já que o confronto também marcou sua despedida do Cruzmaltino antes da transferência para o Lyon, da França.

A espera pelo jogo de domingo provoca também uma grande expectativa na torcida vascaína. Sonhando com uma evolução da equipe na temporada, os torcedores enxergam em Juninho a maior esperança para uma volta por cima nos próximos cinco meses, tempo em que o craque permanecerá atuando no clube de São Januário.

COM A CONFIANÇA DO TREINADOR

Treinando diariamente na Colina desde que acertou seu retorno, Juninho acabou deixando para trás a desconfiança de Dorival Júnior, que após a partida contra o Flamengo chegou a afirmar que a presença do craque no duelo com o Flu era improvável. O bom desempenho durante os treinamentos da semana fez com que o treinador vascaíno não tivesse dúvida para garantir a presença do craque no time titular.

Juninho está de volta ao VascoCarlos Moraes / Agência O Dia

Após o treino desta sexta-feira, o treinador confirmou definitivamente a presença de Juninho no clássico e ainda admitiu a ansiedade para poder contar com o craque, no entanto, com uma nova função. Ciente da boa forma física apresentada pelo jogador, a experiência e o talento do camisa 8 são os demais fatores vistos com grande importância para o comandante da equipe de São Januário, que dará ao Reizinho uma maior liberdade dentro do esquema tático vascaíno.

"Quero dar um pouco mais de liberdade para o Juninho, quero que ele se aproxime mais. Ele chega muito bem na frente, tem um passe final muito bom. Não podemos exigir mais dele aquele posicionamento defensivo. Tivemos todo o cuidado possível ao longo da semana. Intensificamos os trabalhos no início e tiramos um pouco o pé ao fim dela, para que o Juninho possa participar o maior número de minutos possíveis", analisou Dorival, que comandará o Vasco no reencontro de Juninho com o Maracanã às 18h30 de domingo, no clássico válido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Você pode gostar