Por bernardo.argento

Rio - O técnico Dorival Júnior não quer o time do Vasco criando uma dependência do Juninho. Ciente de que o meia não poderá atuar em todas as partidas, o treinador deixou claro que a equipe precisa se preparar bem para suprir a ausência do ídolo. Além disso, o comandante vascaíno destacou as variações táticas que podem ser implementadas quando o camisa 8 não estiver em campo.

"O Vasco precisa se acostumar a jogar sem o Juninho. Sabíamos que teríamos que conviver com isso ao longo da temporada. A ausência (contra o Goiás) será sentida, mas nos dará chances de de encontrar um caminho para suprir a falta," afirmou Dorival Júnior.

Dorival falou sobre a ausência de JuninhoMárcio Mercante / Agência O Dia

Desde sua volta a equipe, Juninho foi o principal nome das vitórias sobre Fluminense e Criciúma. Além de marcar gols nas duas partidas, o meia foi uma referência dentro das quatros linhas, assumindo a responsabilidade e orientando os companheiros. O jogador deve voltar a atuar com a camisa cruz-maltina no clássico com o Botafogo, no próximo domingo.

Você pode gostar