Por pedro.logato

Rio - Como manda o figurino de um cabeça de área, a cara de mau e a agressividade de Guiñazu assustam qualquer adversário dentro de campo. Fora das quatro linhas, entretanto, o argentino conquistou seus novos companheiros de clube. Pai de família, tranquilo, humilde e bem humorado, o volante, com seu carisma, já exerce liderança no grupo e vive a expectativa de finalmente estrear com a camisa do Vasco logo mais, diante do Botafogo.

Guiñazu fará estreia contra o BotafogoDivulgação

Além da cabeça raspada e do cavanhaque, tatuagens nos braços com o nome dos dois filhos — Matias e Lucas, de 12 e seis anos — compõem o visual do novo cão de guarda da Colina. Nos treinos, ele se transforma e já mostrou a que veio. Seus carrinhos e jogadas mais ríspidas no meio de campo chegam a ser comemorados como gol pelos torcedores que acompanham as atividades.

Feliz por estar no Rio, Guiñazu ainda busca uma casa na cidade e um lugar no time titular. Enfim regularizado, o hermano de 34 anos, ao mesmo tempo que não tira o pé das divididas, é daqueles atletas de grupo, preocupado primeiro com o ambiente interno e que foge das polêmicas. Por isso, mesmo cotado para iniciar o clássico, já que o técnico Dorival Júnior mantém mistério na escalação, ele prefere esperar.

“Isso é com o treinador”, disse, sorridente. Vestir a camisa do Vasco, como o próprio atleta disse em sua apresentação, ‘será uma honra’. Atuar no Maracanã então tornará o momento ainda mais especial.

“Maracanã é o Maracanã e o estádio, que está novinho, vai estar lotado. Isso é sempre bom para os jogadores. Vai ser um belo jogo, pois todos vão entrar em campo em busca da vitória. Minha expectativa de estrear é grande. Existe a ambição, mas estou calmo e com tranquilidade”, afirmou.

Pronto para o novo desafio na carreira, El Cholo, apelido carinhoso que recebeu de uma tia quando ainda era pequeno e que persegue o jogador até hoje, se escalado, formará dupla com Sandro Silva. Pedro Ken, autor do gol contra o Goiás, quinta-feira, ou Wendel são os mais cotados para ir para o banco de reservas.

Você pode gostar