Juninho lamenta queda de produção e culpa lado psicológico

'Era apenas encaixar um contra-ataque e matar a partida', diz

Por O Dia

Rio - O aspecto psicológico pesou. Ao sofrer o empate, o Vasco desmoronou e levou a virada do Vitória, nesta quarta-feira, em São Januário, de acordo com Juninho. O ídolo do clube lamenta a situação do Gigante da Colina.

Vasco acusa o golpe%3A time continua na zona de rebaixamentoMárcio Mercante / Agência O Dia

"O primeiro tempo falei que foi muito bom. A gente volta para o segundo tempo e não consegue manter o ritmo. Até os 30 minutos o jogo era nosso. Era apenas encaixar um contra-ataque para matar a partida. O time quando está nessa situação se desmorona muito rapidamente. O que resta de confiança se perde. O time está na zona de rebaixamento. Como vou encarar?", disse Juninho.

O Vasco amargou a segunda derrota seguida em São Januário e a terceira consecutiva no Brasileiro. O Gigante continua na zona de rebaixamento e tem 24 pontos. A situação pode piorar. Se a Portuguesa vencer o Náutico, nesta quinta, ultrapassa e joga o Cruzmaltino para 18ª colocação.

Na próxima rodada, no domingo, às 18h30, o Vasco encara o Atlético-MG fora de casa, no Independência.