Por elisa.souza

Rio - Com o fim da temporada cada vez mais próximo, com jogos decisivos pela Copa do Brasil e as últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, o Botafogo vive um momento decisivo para o seu futuro nas duas competições. Apesar da pressão e dos questionamentos sobre qual deveria ser o foco do Glorioso nesse momento, o zagueiro Dória garante que o time não diferencia as competições e pensa o futuro do time jogo a jogo.

Dória diz que equipe está calma e concentrada sempre na próxima partidaDivulgação

"Temos que dividir esses jogos que faltam em etapas. Não adianta pensar no último jogo do ano. Tem que ser passo a passo, na escadinha. Não adianta pensar em final da Copa do Brasil se não passou pelo Flamengo. É uma coisa de cada vez. Se Deus quiser, vai dar tudo certo", disse ele ao site oficial do clube.

Nesta segunda-feira, o Bota voltou a treinar, depois de ficar no 2 a 2 com o Vasco no Maracanã no último domingo, em partida válida pelo Brasileiro. O técnico Oswaldo de Oliveira ainda não confirmou a escalação da equipe que entra em campo nesta quarta-feira contra o Flamengo, em partida decisiva pela Copa do Brasil. No primeiro jogo, as equipes empataram em 1 a 1.

"Cada jogo é um jogo. Às vezes, o primeiro é mais estudado e o segundo pode ter história diferente, algum time sair mais para o ataque. Estamos sempre motivados, sabendo o que queremos e focados. Vamos correr atrás quarta-feira. É um jogo muito importante no ano. É claro que sabemos da dificuldade, já conhecemos o Flamengo, enfrentamos bastante. Quem estiver mais certinho vai sair com a vitória", afirma Dória.

Os flamenguistas parecem mais animados que os botafoguenses com a partida: dos 70 mil ingressos disponibilizados, 20 mil torcedores rubro-negris já garantiram suas entradas. Na manhã desta segunda-feira, as bilheterias destinadas aos botafoguenses estavam sem fila nenhuma. Já os torcedores do time da Gávea enfrentaram espera para garantir seu lugar no Maraca.

Você pode gostar