Por bernardo.argento

São Paulo - O técnico Dorival Júnior estava visivelmente frustado com a derrota do Vasco para a Ponte Preta, por 2 a 1. Insatisfeito com a postura do time, o comandante cruzmaltino reclamou das chances desperdiçadas quando o Gigante da Colina vencia por 1 a 0 e estava com um jogador a mais.

"O time estava com o jogo nas mãos, com todas as possibilidades de confirmar o resultado. Tivemos medo de ser felizes. Essa é a realidade nesses últimos dois meses aqui no Vasco", afirmou.

O Vasco ficou em vantagem numérica a partir dos 17 minutos do segundo tempo. O gol de empate da Macaca veio aos 34. Aos 40, Nei foi expulso, e o Gigante da Colina também ficou com dez em campo, levando a virada logo em seguida, aos 43 minutos.

Você pode gostar