Por pedro.logato

Rio - Vascaíno, mais do que nunca o seu lugar domingo é no Maracanã. Um dia após a vitória contra o Coritiba, que trouxe a esperança novamente para a Colina, a diretoria confirmou a redução no preço dos ingressos para a partida contra o Santos, no Maior do Mundo, no próximo fim de semana, às 19h30. Os lugares atrás do gol vão custar apenas R$ 10 (R$ 5 a meia entrada) e as laterais, R$ 20 (R$ 10 a meia entrada). A venda começa hoje.

Torcida do Vasco vai encher o MaracanãDivulgação

Ciente da empolgação dos torcedores após o time reencontrar a vitória, os dirigentes do Vasco vão disponibilizar 69 mil entradas, mas a expectativa é que o público passe de 72 mil, capacidade do estádio, o que seria recorde nesta edição. O duelo entre Flamengo e Santos, na primeira rodada, no Mané Garrincha, que marcou a despedida de Neymar, registrou 63.501 presentes.

Procurado pelo ‘Ataque’, o vice-presidente de patrimônio do Gigante da Colina, Manoel Barbosa, comemorou o desfecho da negociação com o consórcio que cuida do Maracanã.

“A promoção no preço dos ingressos para o jogo contra o Santos está confirmada. Na última semana negociamos isso com o consórcio que administra o Maracanã e batemos o martelo. A nossa expectativa é que o torcedor compareça em peso e que o estádio fique lotado”, avaliou.
O dirigente aproveitou também para explicar que, mesmo reduzindo drasticamente o preço dos ingressos, o Vasco tem grandes chances de não ficar com as contas no vermelho após a partida.

“O valor total da despesa que temos para usar o Maracanã é de R$ 300 mil. Mas ficou acordado que o que passar desse valor será do Vasco. Acredito que se a gente colocar 69 mil torcedores, o clube ainda vai conseguir lucrar um pouquinho”, afirmou.

Até o fim do Brasileirão, o Vasco, além do jogo de domingo, terá mais dois jogos como mandante (Cruzeiro e Náutico). E Manoel Barbosa não descarta utilizar o Maracanã com promoção novamente.

“Vamos avaliar essa situação a cada rodada, pois depende da decisão do treinador e da comissão técnica. Tudo também dependerá do resultado do time e do apoio que vamos ter dos torcedores”, declarou.

JUNINHO SERÁ REAVALIADO

Com dores na região da virilha, Juninho saiu do jogo contra o Coritiba ainda no primeiro tempo e deixou os torcedores do Vasco preocupados. No entanto, ele não é motivo de dor de cabeça para a comissão técnica e o departamento médico para a próxima rodada, diante do Santos. O meia será reavaliado hoje e a expectativa é que o quadro já esteja melhor.

Para o médico do Vasco, Fernando Mattar, o técnico Adilson Batista terá o camisa 8 à disposição esta semana. “Juninho não preocupa. Semana passada, ele teve um quadro de dor e fizemos um exame que não apontou lesão. Ele sentiu de novo, mas não é nada sério. Vamos poder contar com ele no domingo”, garantiu, confiante, Fernando Mattar.

Você pode gostar