Por pedro.logato

Rio - O Vasco entrou nesta quarta-feira com recurso junto ao STJD pedindo a anulação da partida contra o Atlético-PR, neste domingo, que rebaixou a equipe para a Série B do Brasileirão. Com isso, o clube foi a justiça no último dia previsto pelo regulamento, ou seja, dois dias depois do confronto.

Briga generalizada manchou o duelo entre Atlético-PR e VascoCarlos Moraes / Agência O Dia

O Clube carioca alega condições de insegurança no estádio de Joinville para a continuidade da partida, por conta da briga generalizada entre torcedores dos dois clubes, que paralisou o confronto por mais de uma hora. O Vasco acabou derrotado por 5 a 1 e acabou sendo rebaixado.

Para sustentar a sua tese, o Cruzmaltino procurou documentos do Ministério Público de Santa Catarina garantindo que o jogo não deveria ter continuado. Além disso, o fato do Atlético-PR ser o mandante é reforçado pelo Vasco que tenta a anulação da partida. Segundo o clube carioca, o árbitro obrigou o recomeço do confronto, coagido por dirigentes do Atlético-PR e representantes da CBF.

Você pode gostar