Por bernardo.argento

Rio - Com o contrato terminando no dia 31 de dezembro, Tenório não deve continuar no Vasco. O Demolidor não conseguiu atuar na última temporada devido a uma série de lesões. No entanto, o centro-avante garantiu que vai deixar o Cruzmaltino por conta da difícil situação econômica do clube.

"Se formos para o lado econômico, eu acho que seria o dono do clube. Estão com algumas dívidas comigo, algumas muito grandes, e isso é o que vai impedir a minha continuidade no time", disse o jogador a TV Ecuavisa, do Equador.

O atacante não deve ficar sem uma equipe por muito tempo. Tenório garantiu que já possui proposta do Vissel Kobe, que disputa a Série B do Campeonato Japonês.

"Tenho proposta do Japão, com um contrato completamente já firmado. É uma equipe que há dois anos sempre está querendo contar com meu serviço", ressaltou.

Tenorio chegou no Vasco em 2012 e disputou 48 jogos pelo Cruzmaltino Divulgação

Sobre a queda do Gigante da Colina para Segunda Divisão, o Demolidor assumiu que cometeu erros, mas garantiu que a diretoria não soube conduzir os problemas da melhor forma.

"Pessoalmente, fiz o meu melhor. Eu sou parte da culpa, mas também são coisas que tiveram que acontecer porque algumas coisas não são tratadas corretamente", finalizou.

O atacante equatoriano chegou ao Vasco no começo da temporada de 2012 e ficou marcado no clube por conta das inúmeras lesões. Por conta disso, mesmo ficando dois anos no Cruzmaltino, atuou em apenas 48 jogos, tendo marcado 14 gols.

Você pode gostar