Adilson Batista admite atuação ruim e deve fazer mudanças no Vasco

Cruzmaltino ainda não venceu no Campeonato Carioca

Por fabio.klotz

Rio - O Vasco amargou o segundo empate seguido no Carioca. Na quarta-feira, a igualdade em 1 a 1 com o Macaé fez o time ser vaiado no Moacyrzão. O técnico Adilson Batista admite que o Gigante da Colina deixou a desejar e avisa que pode fazer mudanças.

Adilson Batista não se abala com vaias e entende a torcidaUanderson Fernandes / Agência O Dia

"Precisamos melhorar. Fizemos um bom jogo contra o Boavista. Nesta quarta o time estava apático, lento nas inversões de bola. Fiz cobranças no intervalo. Melhoramos no segundo tempo, mas deveríamos ter aproveitado o tempo com um jogador a mais. Jogamos muito pelo meio. Levamos contra-ataques. Mudanças podem acontecer. Vou ver com o departamento médico, ver as avaliações que fiz no jogo. Temos de levar em conta o rendimento, o aspecto físico. Estamos vendo tudo isso", afirmou o treinador.

Adilson encara com naturalidade a bronca da torcida.

"Estamos acostumados em relação a isso (vaias). Todos aqui são profissionais e já estão bem crescidinhos para suportar. Temos apenas de passar tranquilidade aos jogadores", declarou.

O segundo empate seguido faz a pressão aumentar na Colina.

"Temos de vencer desde o início e não apenas agora. É preciso ter atenção em um campeonato de pontos corridos. Temos mais 13 rodadas. Fizemos um planejamento de metas com os jogadores e estamos deixando os pontos escaparem. Hoje (nesta quarta-feira) foi assim outra vez. Tivemos a chance de vencer o Boavista, hoje jogamos parte do tempo com um a mais e não ganhamos outra vez", lamentou.

>>> MAIS CARIOCA: Notícias, tabela e a classificação do Estadual

O Vasco volta a campo no domingo para enfrentar o Friburguense, às 19h30, em São Januário.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia