'Poupar agora para poder lucrar no futuro' é o lema do Vasco

Adilson Batista volta a escalar equipe com reservas. Cansaço e risco de lesão pesam na decisão

Por O Dia

Rio - A maratona de jogos tem preocupado o técnico Adilson Batista. Se no meio de semana ele recuou na decisão de escalar o time reserva contra o Volta Redonda, dessa vez deve mesmo preservar seus principais atletas. Contra o cansaço e a possibilidade de lesões, a tendência é que a equipe tenha caras novas diante do Nova Iguaçu, no domingo, no Raulino de Oliveira. O treino de ontem já indicou alguns cotados.

Adilson deve escalar reservas contra o Nova IguaçuCarlos Moraes / Agência O Dia

Do time titular que tem atuado, apenas o goleiro Martin Silva, o volante Aranda e os atacantes William Barbio e Edmílson foram mantidos. Em um animado trabalho tático, Adilson Batista indicou a equipe que vai entrar em campo em busca da quinta vitória consecutiva no Campeonato Carioca: Martín Silva, Diego Renan, Jomar, Rafael Vaz e Henrique; Aranda, Danilo, Pedro Ken e Bernardo; William Barbio e Edmílson. Se confirmado, será a estreia de Danilo como titular e a de Jomar na temporada.

Após a avaliação física que costuma ser feita depois dos jogos ficou claro que alguns atletas precisavam de repouso, devido à maratona de seis jogos em menos de três semanas. O risco de lesão também é alto em alguns casos. Por isso, a decisão de utilizar os atletas mais descansados deve ser mantida.

A definição, entretanto, ficará para este sábado, em São Januário. Por enquanto, Adilson Batista prefere manter o mistério sobre quem irá a campo. Disposta a preservar o apoiador Bernardo e o atacante Thalles — reservas que se destacaram na vitória do meio de semana contra o Volta Redonda —, a comissão técnica decidiu ‘blindar’ os dois jogadores. A decisão tem como objetivo manter o bom ambiente que existe no grupo.