Fellipe Bastos crê em evolução do Vasco

Volante está confiante na equipe de São Januário e espera apoio da torcida

Por O Dia

Rio - Fellipe Bastos regressou do empréstimo para a Ponte Preta com moral elevado. Mas bastaram dois meses para a desconfiança em torno de seu futebol aparecer novamente em São Januário. Desde que voltou a vestir a camisa do Vasco, o jogador tenta alcançar dias melhores e é com o foco no trabalho que espera reconquistar de vez o torcedor.

Mesmo contando com o apoio do técnico Adilson Batista, a vida de Fellipe Bastos tem sido agitada no Carioca. O volante perdeu pênalti em sua reestreia, voltou a ser vaiado pela torcida e viveu a novidade de marcar um gol contra o Flamengo. No time titular em boa parte da temporada, ele admite estar mais maduro para lidar com as críticas.

Felipe Bastos quer evolução do VascoAndré Mourão / Agência O Dia

“Tenho me apoiado muito no trabalho. Minha família foi importante, mas é o trabalho que me deixa centrado. Se tenho alguma deficiência, procuro treinar para corrigi-la. O Adilson tem conversado muito comigo. Procuro escutar o que a imprensa fala, mas hoje fico menos abatido. Agora estou me energizando e filtrando para absorver apenas as coisas boas e aprender com elas”, disse.

Para embalar e convencer os torcedores do Vasco, Fellipe Bastos passou a contar com uma ajuda de peso em campo. Com a chegada de Douglas na criação das jogadas, o jogador, que voltou a atuar em sua posição de origem, tem se sentido mais à vontade para ajudar o time.

“Comecei o ano em uma função mais como armador, mas depois que o Douglas chegou estou dividindo essa responsabilidade com ele, marcando mais e acompanhando o lateral. Cresci nos últimos dois jogos e agora quero manter a regularidade. Acho que desse jeito o torcedor vai ver que mudei e virá para o meu lado”, completou.