Vascão ainda mais forte para a reta final

Mesmo após derrota em São Januário, Edmilson garante que time vai às semifinais do Carioca

Por O Dia

Rio - Para para o Vasco ter mostrado a sua força em São Januário, mas, um dia após a derrota (2 a 1) para a Cabofriense, restou buscar explicações para o momento vivido no Campeonato Carioca — o time não consegue embalar, vê os líderes se distanciarem na ponta da tabela e alguns concorrentes encostarem com perigo no G-4. Apesar da quarta posição, com 18 pontos, o clima na Colina é de otimismo. O atacante Edmilson, por exemplo, garante a classificação às semifinais.

Edmilson crê em vaga nas semifinaisMárcio Mercante / Agência O Dia

“O Vasco não vai ficar fora das semifinais. Por isso, não quero pensar em nenhum outro time. A gente busca regularidade para conseguir a vaga. O importante é que todos estão concentrados e só coisas boas vão surgir na frente”, frisou o camisa 7.

Mas, para buscar a tão esperada sequência de vitórias, o Vasco precisará encarar um retrospecto nada agradável: é o clube que mais perdeu para clubes de pequeno investimento do Rio desde 2010 — foram 11 derrotas, contra cinco do Fluminense, três do Flamengo e apenas duas do Botafogo. Resta mudar a escrita contra Madureira, Resende, Bonsucesso e Duque de Caxias nas últimas cinco rodadas — tem ainda o clássico com o Fluminense.

“Não existe mais time bobo. Todos trabalham, são 11 contra 11, com jogadores que passaram por clubes grandes. A Cabofriense tem um time bom, não à toa está em terceiro lugar na tabela. Acredito que eles vão se classificar, mas vamos fazer o nosso trabalho e pensar só no Vasco”, ressaltou Edmilson, tentando amenizar o tropeço de domingo em São Januário.

Ele ainda prometeu um Vasco mais forte quinta-feira, diante do Madureira, em Moça Bonita.
“Não dá para dizer que foi acidente e não podemos tirar o mérito da Cabofriense. Eles jogaram bem e aproveitaram as chances. Das derrotas, podemos tirar coisas boas e corrigir o que deu errado. Perder não estava nos planos, mas é hora de se recuperar”, afirmou.

Nesta segunda, os titulares fizeram apenas trabalhos físicos na sala de musculação.

Zaga reserva no duelo com o Madureira

Mesmo vaiado e xingado por parte da torcida na derrota para a Cabofriense, o zagueiro Jomar foi confirmado pelo técnico Adilson Batista no jogo contra o Madureira, quinta-feira, em Moça Bonita. Ao lado do jogador, que falhou em dois lances decisivos, o treinador deve escalar Rafael Vaz.

Titulares, Rodrigo segue vetado pelo departamento médico e Luan, que recebeu terceiro cartão amarelo, está suspenso. A princípio, a única dúvida é no ataque. Montoya, entretanto, deve ser mantido pelo treinador.