Vasco em busca do rumo certo

Com fôlego renovado, time confia na força da garotada para encarar o Atlético-GO e vencer a primeira na Série B

Por O Dia

Rio - O Gigante precisa acordar e encontrar o seu caminho na Série B. Abatido com a perda do Estadual para o Flamengo e com vários titulares machucados, o Vasco tropeçou diante do América-MG e do Luverdense e despencou na tabela. Por isso, neste sábado, às 16h20, contra o Atlético-GO, o time entrará em São Januário com o alerta ligado e sem o direito de falhar. Ainda sem opções, o técnico Adilson Batista, no entanto, sabe que pode confiar em sua garotada.

A vitória de virada por 2 a 1 sobre o Treze, na Paraíba, trouxe alívio e tranquilidade à Colina. Energia importante para, enfim, assumir o papel de protagonista na Segunda Divisão. Mas o resultado, de quebra, também confirmou que o clube pode contar com suas revelações. Além de Luan e Thalles, titulares logo mais, o volante Danilo e os atacantes Yago e Marquinhos também podem aparecer na escalação.

Vasco vai em busca da primeira vitória na Série B Uanderson Fernandes / Agência O Dia

Experiente, o técnico Adilson Batista lembrou a importância de ter paciência com os garotos durante a transição das divisões de base para a equipe profissional.

“Eu não costumo queimar etapas e, consequentemente, prejudicar a transição do jogador. Essa nunca foi a minha intenção. Eu tenho que vivenciar, fazer e agir, mesmo quando você não tem uma resposta”, explicou.

Além de Adilson, quem também ressaltou as novas opções que o grupo ganhou foi o volante Fellipe Bastos. “A garotada não se intimidou o mostrou ser muito homem. Eles têm valor e vão nos ajudar muito na Série B, que é uma competição longa”, ressaltou.

Para o jogo de hoje, Adilson, porém, não teve tempo de corrigir em campo as falhas da equipe. Em São Januário, os titulares deram apenas voltas no gramado, enquanto os reservas participaram de uma atividade técnica. A boa notícia foi a confirmação do goleiro Martín Silva que, com tendinite no tendão de Aquiles dos dois pés, ficou fora dos últimos dois jogos. Bernardo, que se recuperou de um desequilíbrio muscular nas coxas, também ficará à disposição.

Reforços foram apresentados nesta sexta-feiraUanderson Fernandes / Agência O Dia

Biteco e Fabrício são apresentados

Depois de apresentar o atacante Rafael Silva e o zagueiro Anderson Salles, ex-Ituano, a diretoria do Vasco, após o treinamento, apresentou ontem o volante Fabrício, ex-São Paulo, e o meia Guilherme Biteco, que estava no Grêmio.

“Minha maior motivação é ajudar o Vasco a sair dessa situação. É um clube com uma história linda”, afirmou Fabrício. Já o jovem Biteco preferiu falar sobre o que pode fazer para ajudar. “Gosto de chutar de longe. Treino muito para melhorar esse fundamento e acho que posso ajudar”, declarou.

Ambos assinaram vínculo até o fim da temporada e o Vasco tem preferência na renovação do contrato. Por causa do feriado do dia 1º de maio, os reforços que chegaram esta semana só vão ficar à disposição do treinador na quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Eleições no clube viram caso de polícia

As eleições presidenciais do Vasco, previstas para a segunda quinzena de julho, viraram caso de polícia. Ontem a 17ª DP, em São Cristóvão, abriu inquérito que suspendeu o processo político por tempo indeterminado. Os policiais apuram possíveis irregularidades na adesão de mais de três mil associados em abril de 2013. A suspeita é que a pratica tenha partido de candidatos à presidência. O ato chegou a ser apelidado de ‘mensalão da Colina’.

De acordo com o Ministério Público, a polícia vai verificar “a materialidade do crime definido no artigo 171 do Código Penal, em tese praticado por dirigentes, funcionários, sócios e colaboradores”. A denúncia foi feita pelo candidato Nelson Rocha, que acusa Eurico Miranda e Roberto Monteiro de serem os responsáveis pela adesão de tantos associados.