Por pedro.logato

Rio - Fellipe Bastos é o atleta mais antigo no elenco do Vasco. Mas nem isso faz o jogador cair nas graças da torcida. Contra o Treze, da Paraíba, na quarta-feira, pela Copa do Brasil, o volante, sempre um dos mais perseguidos pela arquibancada, mais uma vez deixou o gramado sob vaias. Calejado, ele, entretanto, garantiu que não fica mais abatido com as críticas.

Fellipe Bastos e Barbio retornaram ao Vasco nesta temporadaErnesto Carriço / Agência O Dia

Fellipe Bastos admitiu que quando chega em casa após os jogos não procura ver notícias ou ler reportagens envolvendo o seu nome. “Procuro abstrair um pouco o futebol, apesar de não conseguir muito. Antes eu procurava saber o que estavam falando de mim, mas agora estou mais calejado e experiente. Tento cumprir o que o treinador pede”, disse Bastos, desabafando em seguida.

“Vou completar 150 jogos e em nenhum deles tive tranquilidade. Mas isso é normal no Vasco. Tive alegrias, algumas tristezas, mas não posso desanimar. Dependo de mim e, se desanimar, acabo ficando para trás”, avaliou.

Barbio deve sair

Enquanto Fellipe Bastos se mantém firme na briga por uma vaga entre os titulares, Bernardo e William Barbio perderam espaço. O primeiro já acertou transferência para o Palmeiras e o segundo está muito perto de também ser negociado. O Figueirense é o destino provável.

Você pode gostar