Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos
Publicidade

Vasco passa sufoco, vence o Oeste e vai à quarta colocação na Série B

Rafael Silva e Thalles marcaram os dois gols na vitória de 2 a 0 do Gigante da Colina sobre a equipe paulista em São Januário

Por rodrigo.hang

Rio - O Vasco sofreu, mas conseguiu deslanchar no segundo tempo e vencer o Oeste por 2 a 0, em São Januário, sem a presença da torcida. O estreante Rafael Silva e Thalles balançaram as redes para o Cruzmaltino. Essa foi a segunda vitória do clube na Série B. Com sete pontos, o Gigante da Colina ocupa a quarta colocação. Já o time do interior de São Paulo é o 11º colocado, com quatro. O próximo confronto da equipe comandada por Adilson Batista é diante do Náutico, na Arena Pernambuco, no sábado, às 16h20. Já o Oeste enfrenta a Ponte Preta, no Estádio Municipal Dos Amaros, na próximo terça-feira, às 21h50.

Vindo do Ituano, Rafael Silva estreou fazendo gol pelo VascoFernando Souza / Agência O Dia

>>>FOTOGALERIA: Confira as imagens da vitória do Vasco na Série B 

O JOGO

A partida começou equilibrada em São Januário. A marcação do Vasco na saída de bola do Oeste predominava, mas aos 12 minutos foram os visitantes que quase abriram o placar. O atacante Lelê puxou contra-ataque pela esquerda e tocou para André Luiz. O meia, de frente para o gol cruzmaltino, chutou torto, para fora. Na jogada seguinte, o Oeste chegou novamente com perigo, desta vez com Diogo Acosta, mas o chute saiu à esquerda da meta de Martín Silva.

Aos 23, um lance bonito do Vasco, protagonizado pelo volante Fabrício. O atacante Yago notou o companheiro aparecendo de surpresa na área adversária e fez o passe na medida. O camisa 25 tocou de letra, mas o goleiro Paes não teve dificuldades para fazer a defesa.

A jogada animou a equipe, que passou a atacar mais. Aos 28, André Rocha fez ótimo cruzamento para Thalles. O atacante cabeceou com força, mas no meio do gol, facilitando a defesa de Paes. Diego Renan, aos 36, recebeu lançamento, passou pela marcação e arriscou o chute. Paes espalmou e a zaga do Oeste afastou o perigo. Dois minutos depois Douglas cobrou escanteio e a bola sobrou para o zagueiro Douglas Silva, que arrematou com perigo.

O Gigante da Colina ainda teria mais uma chance de gol antes do apito final do primeiro tempo. Aos 42, Fellipe Bastos cobrou falta de longe, o goleiro do Oeste espalmou para o meio da área e depois a zaga afastou o perigo.

Os donos da casa voltaram do intervalo com uma mudança: Fabrício saiu para a entrada de Rafael Silva, que também faz a sua primeira partida com a camisa do Vasco. Foi o próprio time cruzmaltino que teve a oportunidade de abrir o marcador aos cinco minutos de segunda etapa. O lateral-direito André Rocha tocou para Fellipe Bastos, que da meia-lua, bateu colocado, mas para fora.

O primeiro chute a gol do Oeste no segundo tempo foi aos 16 minutos. Com espaço, o atacante Lelê arriscou de longe. Martín Silva não teve dificuldade para fazer a defesa. No lance seguinte, o centroavante Diogo Costa recebeu a bola dentro da área e tentou dois chutes. No primeiro, Martín Silva salvou. No rebote, o atacante mandou na trave com o gol vazio. O Oeste esteve muito perto de abrir o marcador. Mas, como diz o ditado popular, quem não faz, leva.

O Vasco finalmente conseguiu furar o bloqueio do Oeste e marcar o primeiro gol da partida, aos 21 minutos. Douglas mandou a bola para a área, mas a zaga adversária cortou. Thalles dominou na entrada da área, pela esquerda, e fez o cruzamento rasteiro. Rafael Silva, ex-Ituano, girou o corpo para chutar colocado, de canhota, sem chances para Paes: 1 a 0.

O gol impulsionou o time do Vasco, que foi em busca do segundo para definir a partida. E conseguiu, aos 31 minutos. Livre de marcação pela esquerda, Douglas, o cérebro da equipe de Adilson Batista, fez cruzamento perfeito na cabeça de Thalles. O jogador de apenas 18 anos, que vive ótimo momento pelo Gigante da Colina, cabeceou para o fundo das redes.

Sem a força do primeiro tempo, o Oeste ainda tentou diminuir o marcador. Borebi se desvencilhou da marcação do Vasco, entrou na área e tocou rasteiro. A bola passou rente à trave de Martín Silva. O Gigante da Colina ainda teve chance de marcar o terceiro gol, aos 46 minutos, mas o atacante Marquinhos chutou em cima do goleiro Paes.

VASCO X OESTE

Estádio: São Januário

Gols: Rafael Silva (Vasco), Thalles (Vasco)

Cartões Amarelos: Douglas (Vasco), Dennis (Oeste), Leandro Mello (Oeste)

Cartões Vermelhos:

Vasco: Martín Silva, André Rocha, Luan, Douglas Silva, Diego Renan; Fabrício (Rafael Silva), Fellipe Bastos, Danilo, Douglas (Aranda); Yago (Marquinhos do Sul) e Thalles.

Oeste: Paes, Erick, Cris (Henrique Mattos), Ligger; Denis, César Gaúcho, Leandro Melo, André Luiz, Hélton Luiz; Diogo Acosta (João Denoni) e Lelê (Borebi).

Você pode gostar
Vasco passa sufoco, vence o Oeste e vai à quarta colocação na Série B | Vasco | O Dia
Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos
Publicidade

Vasco passa sufoco, vence o Oeste e vai à quarta colocação na Série B

Rafael Silva e Thalles marcaram os dois gols na vitória de 2 a 0 do Gigante da Colina sobre a equipe paulista em São Januário

Por rodrigo.hang

Rio - O Vasco sofreu, mas conseguiu deslanchar no segundo tempo e vencer o Oeste por 2 a 0, em São Januário, sem a presença da torcida. O estreante Rafael Silva e Thalles balançaram as redes para o Cruzmaltino. Essa foi a segunda vitória do clube na Série B. Com sete pontos, o Gigante da Colina ocupa a quarta colocação. Já o time do interior de São Paulo é o 11º colocado, com quatro. O próximo confronto da equipe comandada por Adilson Batista é diante do Náutico, na Arena Pernambuco, no sábado, às 16h20. Já o Oeste enfrenta a Ponte Preta, no Estádio Municipal Dos Amaros, na próximo terça-feira, às 21h50.

Vindo do Ituano, Rafael Silva estreou fazendo gol pelo VascoFernando Souza / Agência O Dia

>>>FOTOGALERIA: Confira as imagens da vitória do Vasco na Série B 

O JOGO

A partida começou equilibrada em São Januário. A marcação do Vasco na saída de bola do Oeste predominava, mas aos 12 minutos foram os visitantes que quase abriram o placar. O atacante Lelê puxou contra-ataque pela esquerda e tocou para André Luiz. O meia, de frente para o gol cruzmaltino, chutou torto, para fora. Na jogada seguinte, o Oeste chegou novamente com perigo, desta vez com Diogo Acosta, mas o chute saiu à esquerda da meta de Martín Silva.

Aos 23, um lance bonito do Vasco, protagonizado pelo volante Fabrício. O atacante Yago notou o companheiro aparecendo de surpresa na área adversária e fez o passe na medida. O camisa 25 tocou de letra, mas o goleiro Paes não teve dificuldades para fazer a defesa.

A jogada animou a equipe, que passou a atacar mais. Aos 28, André Rocha fez ótimo cruzamento para Thalles. O atacante cabeceou com força, mas no meio do gol, facilitando a defesa de Paes. Diego Renan, aos 36, recebeu lançamento, passou pela marcação e arriscou o chute. Paes espalmou e a zaga do Oeste afastou o perigo. Dois minutos depois Douglas cobrou escanteio e a bola sobrou para o zagueiro Douglas Silva, que arrematou com perigo.

O Gigante da Colina ainda teria mais uma chance de gol antes do apito final do primeiro tempo. Aos 42, Fellipe Bastos cobrou falta de longe, o goleiro do Oeste espalmou para o meio da área e depois a zaga afastou o perigo.

Os donos da casa voltaram do intervalo com uma mudança: Fabrício saiu para a entrada de Rafael Silva, que também faz a sua primeira partida com a camisa do Vasco. Foi o próprio time cruzmaltino que teve a oportunidade de abrir o marcador aos cinco minutos de segunda etapa. O lateral-direito André Rocha tocou para Fellipe Bastos, que da meia-lua, bateu colocado, mas para fora.

O primeiro chute a gol do Oeste no segundo tempo foi aos 16 minutos. Com espaço, o atacante Lelê arriscou de longe. Martín Silva não teve dificuldade para fazer a defesa. No lance seguinte, o centroavante Diogo Costa recebeu a bola dentro da área e tentou dois chutes. No primeiro, Martín Silva salvou. No rebote, o atacante mandou na trave com o gol vazio. O Oeste esteve muito perto de abrir o marcador. Mas, como diz o ditado popular, quem não faz, leva.

O Vasco finalmente conseguiu furar o bloqueio do Oeste e marcar o primeiro gol da partida, aos 21 minutos. Douglas mandou a bola para a área, mas a zaga adversária cortou. Thalles dominou na entrada da área, pela esquerda, e fez o cruzamento rasteiro. Rafael Silva, ex-Ituano, girou o corpo para chutar colocado, de canhota, sem chances para Paes: 1 a 0.

O gol impulsionou o time do Vasco, que foi em busca do segundo para definir a partida. E conseguiu, aos 31 minutos. Livre de marcação pela esquerda, Douglas, o cérebro da equipe de Adilson Batista, fez cruzamento perfeito na cabeça de Thalles. O jogador de apenas 18 anos, que vive ótimo momento pelo Gigante da Colina, cabeceou para o fundo das redes.

Sem a força do primeiro tempo, o Oeste ainda tentou diminuir o marcador. Borebi se desvencilhou da marcação do Vasco, entrou na área e tocou rasteiro. A bola passou rente à trave de Martín Silva. O Gigante da Colina ainda teve chance de marcar o terceiro gol, aos 46 minutos, mas o atacante Marquinhos chutou em cima do goleiro Paes.

VASCO X OESTE

Estádio: São Januário

Gols: Rafael Silva (Vasco), Thalles (Vasco)

Cartões Amarelos: Douglas (Vasco), Dennis (Oeste), Leandro Mello (Oeste)

Cartões Vermelhos:

Vasco: Martín Silva, André Rocha, Luan, Douglas Silva, Diego Renan; Fabrício (Rafael Silva), Fellipe Bastos, Danilo, Douglas (Aranda); Yago (Marquinhos do Sul) e Thalles.

Oeste: Paes, Erick, Cris (Henrique Mattos), Ligger; Denis, César Gaúcho, Leandro Melo, André Luiz, Hélton Luiz; Diogo Acosta (João Denoni) e Lelê (Borebi).

Você pode gostar