Por pedro.logato

Piauí - O gol no fim evitou a derrota, mas o resultado em Teresina não foi o que a torcida vascaína esperava. Em grande maioria no estádio, o Vasco, mandante da partida, empatou em 1 a 1 com o Sampaio Corrêa. Estreante, Guilherme Biteco marcou o gol cruzmaltino aos 48 minutos do segundo tempo.

Na próxima partida, o Vasco retorna a Joinville, local do rebaixamento para a Série B e também onde ocorreu o conflito entre torcedores das organizadas do clube carioca com o Atlético-PR na última rodada do Brasileirão de 2013. Desta vez, o Gigante da Colina enfrenta o próprio clube catarinense que leva o mesmo nome da cidade. Já o Sampaio Corrêa recebe o Luverdense. Os dois jogos acontecem no próximo sábado às 16h20.

Sampaio Corrêa e Vasco ficaram no 1 a 1Divulgação

O JOGO

Apesar da pouca qualidade técnica, o primeiro tempo entre Vasco e Sampaio Corrêa foi bastante movimentado e equilibrado. Dono do mando de campo, o Cruzmaltino teve uma leve superioridade. Foi do Gigante também, a primeira boa chance de gol. Com 10 minutos, Fellipe Bastos roubou a bola e tocou para Rafael Silva, o atacante ajeitou para Marquinhos, que chutou para fora, mas a jogada assustou o time do Maranhão. O Sampaio respondeu logo depois. Aos 13, Pimentinha recebeu em boas condições, mas na hora de chutar bateu fraco e Diogo Silva defendeu.

Aos 20 minutos, o Cruzmaltino teve sua melhor chance na etapa inicial. Yago recuperou a bola, invadiu a área, mas na hora de finalizar bateu em cima do goleiro Rodrigo Ramos. Porém, Rafael Silva pegou o rebote. O atacante driblou o arqueiro e chutou cruzado, mas a defesa do Sampaio Corrêa estava atenta e afastou o perigo.

No fim do primeiro tempo, os visitantes tiveram duas boas chances de abrir o placar. Na primeira, Válber fez cruzamento perigoso pela direita mas Douglas Silva chegou antes e cortou para a zaga vascaína. Aos 36 minutos, foi a vez do time de Maranhão ter sua melhor oportunidade. Marcio Diogo recebeu lançamento, invadiu a área, mas se complicou ao ficar cara a cara com Diogo Silva. O jogador viu bem e rolou para Pimentinha finalizar, a bola passou por Diogo, mas Douglas Silva tirou em cima da linha.

Com Edmilson no lugar de Rafael Silva, o Vasco iniciou a segunda etapa criando duas boas chances, ambas com Diego Renan. Na primeira, o lateral-esquerdo fez bela jogada passando por três rivais e finalizou muito perto da trave do Sampaio Corrêa. Na segunda, o jogador recebeu na entrada da área, mas a finalização não foi a que os vascaínos esperavam e a bola subiu.

Porém, o jogo seguia muito aberto. Pimentinha recebeu, em impedimento mas o auxiliar não deu, tentou passar por Diogo Silva, mas o goleiro do Vasco saiu bem e evitou o gol do time do Maranhão. Logo depois, atacante recebeu em posição legal, dentro da área, mas novamente parou no goleiro vascaíno que fez duas belas defesas. No lance seguinte, o Sampaio Corrêa balançou as redes, porém o lance foi invalidado. Após escanteio, Edimar desviou para o gol, mas o árbitro marcou falta em um momento antes do desviou do zagueiro.

No entanto, aos 19 minutos não teve jeito. Diogo Silva afastou mal um cruzamento e a bola sobrou para Marcio Diogo que tocou com muita categoria, marcando um belo gol para o time visitante. O gol animou o Sampaio que quase ampliou logo depois. Pimentinha fez bela jogada individual, mas na hora de bater, chutou na rede pelo lado de fora.

Em desvantagem no placar, o Vasco não conseguia criar chances, mas no fim contou com a sorte de um estreante para conseguir o empate. Nos acréscimos, após cobrança de falta, Rodrigo Ramos soltou a bola no pé de Douglas Silva, que cruzou para Guilherme Biteco colocar a bola para o fundo das redes.

Você pode gostar