Diogo Silva minimiza críticas da torcida do Vasco e foca nas chances no time

Contestado, goleiro quer aproveitar oportunidade de atuar na vaga de Martín Silva, que está com a seleção do Uruguai

Por O Dia

Rio - Diogo Silva assumiu a meta do Vasco devido à ausência do titular Martín Silva, que já se apresentou à seleção uruguaia para a disputa da Copa do Mundo. Na última rodada, o goleiro foi um dos destaques cruzmaltinos no empate sem gols com o Joinville, fora de casa, em partida válida pela sétima rodada da Série B.

Diogo Silva ignora contestações pelas atuações do passado e aposta em sequência para conquistar torcidaDivulgação

Muito contestado pela torcida vascaína, o goleiro tem tido a oportunidade de atuar no time de Adilson Batista. Nesta terça-feira, na partida contra o Bragantino, válida pela oitava rodada da Série B, Diogo Silva vai fazer mais um jogo na equipe principal. Até a paralisação para o Mundial, o arqueiro de 27 anos jogará mais duas partidas. Ele revela que as críticas do torcedores não o atrapalham e foca no trabalho.

"Eu faço o meu trabalho independentemente das críticas. Não deixo isso me abalar. Sou um cara focado, centrado no meu trabalho. No Brasileiro do ano passado, também fiz boas partidas. Não foi apenas uma. Tenho de continuar assim para poder continuar ajudando e melhorar o que precisa ser melhorado. Só assim que se reverte qualquer situação", afirmou Diogo, que garante o apoio do comandante e da diretoria cruzmaltina.

"Poder jogar para mostrar à torcida que sou um cara sério e trabalhador. Que busco o melhor ao Vasco. Tanto Adilson e direção me passam confiança. Então, estando bem, se consegue ajudar mais o time", finalizou o arqueiro.

O Vasco soma nove pontos na Série B, quatro a menos que o ABC, o primeiro no G-4.