Vasco vence o seu primeiro duelo com a Ponte e fica na boa na Copa do Brasil

Cruzmaltino venceu a equipe paulista por 2 a 0, fora de casa, e pode até perder em São Januário que avança na competição; clubes voltam a se enfrentar no sábado pela Série B

Por O Dia

São Paulo - O Vasco passou com louvor no primeiro desafio diante da Ponte Preta. Em Campinas, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, o Cruzmaltino derrotou a Macaca por 2 a 0 e ficou em situação confortável na competição nacional. Para avançar às oitavas de finais, o Gigante da Colina pode até perder por um gol de diferença no confronto de volta em São Januário, na próxima quarta-feira.

As duas equipes vão se encontrar mais duas vezes nos próximos dias. No sábado, o palco é o mesmo, mas a competição é diferente. No Moisés Lucarelli, Vasco e Ponte duelam pela Série B. Na próxima quarta-feira, as duas equipes fazem o confronto de volta pela Copa do Brasil em São Januário.

Diego Renan abriu o placar em CampinasDivulgação

O JOGO

Mesmo jogando fora de casa, o Vasco teve com apenas seis minutos, uma grande chance de abrir o placar no Moisés Lucarelli. Douglas deu belo passe para Thalles, que entrou livre na cara de Roberto, mas o jovem demorou um pouco a chutar e acabou finalizando para fora. Valorizando mais a posse de bola, o Cruzmaltino tinha o comando inicial da partida, mas a Ponte era bastante perigosa e vertical, principalmente nas arrancadas de Edno.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

A partir da segunda metada de etapa final, o Vasco recuou e a Ponte passou a ter as rédeas do jogo. No entanto, a equipe de Campinas abusou bastante de jogadas aéreas, o que acabou facilitando a vida para o Cruzmaltino. Com isso, o placar seguiu para o intervalo sem nenhuma alteração.

Com mais vontade, a Macaca voltou correndo muito no segundo tempo e com quatro minutos teve a sua melhor chance na partida até então. Alef deu belo passe e colocou Edno na cara do gol, o atacante tentou encobrir Martin Silva, mas a bola acabou passando por cima do gol vascaíno.

Thalles voltou a deixar o dele pelo VascoDivulgação

No momento em que enfrentava a sua maior dificuldade na partida, o Vasco abriu o placar. Douglas deu belo passe para o Diego Renan, o lateral-esquerdo recebeu em condições legais e tocou na saída do goleiro Roberto. E não demorou muito para o Cruzmaltino ampliar. Aos 17 minutos, Kleber arriscou de fora da área, o goleiro da Ponte Preta soltou e Thalles conferiu para o fundo das redes.

Mesmo com a vantagem, o Vasco continuou superior na partida. Diego Renan quase fez mais um, invadiando a área, mas chutou para boa defesa de Roberto. Com o resultado bem favorável, o Vasco passou a tenta administrar mais o resultado. Douglas e Thalles deixaram o time para evitar um desgaste maior. A Ponte não esboçou muita reação e o resultado foi segurado com tranquilidade pelos cariocas.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 X 2 VASCO

Estádio: Moisés Lucarelli (SP)
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Cartões Amarelos: Juninho (PON), Raphael Silva (PON), Adilson Goiano (PON)
Cartões Vermelhos: _
Gols: Diego Renan (VAS), Thalles (VAS)

PONTE PRETA: Roberto; Daniel Borges, Raphael Silva, Luan e Magal; Adilson Goiano, Alef, Juninho e Adrianinho; Alexandro (15' do 2ºT - Rafael Costa) e Edno (24' do 2ºT - Rossi) 
Técnico: Jorge Parraga

VASCO: Martín Silva; Carlos César (12' do 2ºT - André Rocha), Luan, Douglas Silva e Diego Renan; Guiñazu, Fabrício, Aranda e Douglas (28' do 2ºT - Dakson); Thalles (22' do 2ºT - Yago) e Kleber
Técnico: Adilson Batista