Vasco vence o ABC por 2 a 1 na Arena das Dunas e encosta no G-4 da Série B

Cruzmaltino vence com gols de Kleber Gladiador e Douglas, e fica a um ponto do Joinville, quarto colocado do campeonato

Por rodrigo.hang

Rio Grande do Norte - No bom gramado da Arena das Dunas, um dos palcos da Copa do Mundo, Vasco e ABC fizeram um jogo disputado, válido pela 15ª rodada da Série B, com chances de gols para os dois lados. Melhor para o time cruzmaltino, que bateu os donos da casa por 2 a 1 e chegou ao quinto lugar, com 25 pontos, um a menos que o Joinville, primeira equipe no G4.

Kleber Gladiador e Douglas fizeram os gols da equipe do técnico Adilson Batista, enquanto Dênis Marques anotou o tento dos anfitriões. Com a derrota, o Alvinegro Potiguar caiu uma posição, ficando em 11º. Na 16ª rodada da Série B, o Vasco vai receber o Ceará em São Januário, no próximo sábado, dia 16. O ABC joga mais uma vez na Arena das Dunas, nesta terça, dia 12, contra a Portuguesa.

Kleber comemora com os companheiros o seu gol%2C o primeiro do jogo contra o ABC em NatalDivulgação

O JOGO

O duelo começou movimentado em Natal. Mesmo com a torcida a favor do ABC, foi o Vasco que chegou bem pela primeira vez, aos três minutos. Marlon cruzou da esquerda, Lucas Crispim conseguiu ajeitar bem de cabeça e Dakson chegou chutando, mas a batida saiu fraca e Gilvan fez a defesa sem dificuldades. Aos nove o Cruzmaltino apareceu de novo, com Aranda. O volante paraguaio apareceu de surpresa e chutou forte, mas a bola saiu pelo lado esquerdo da meta dos donos da casa.

Adilson comemora segunda vitória consecutiva do Vasco: 'Foi importante'

O ABC aparecia com velocidade nos contra-ataques, nas costas dos zagueiros do Vasco, mas não mostrava eficiência na hora de finalizar. A equipe comandada pelo técnico Zé Teodoro usava bastante o lado direito. Aos 18, Rogerinho aciona João Paulo, mas Martín Silva saiu do gol, à la Neuer, deu carrinho e conseguiu cortar o perigo.

O time de Natal passou a gostar do jogo e mostrava mais perigo nas chegadas a área adversária. Aos 22, Rodrigo Silva recebeu pelo alto e ajeitou de peito para João Paulo. O atacante chegou chutando firme, de primeira, e a bola saiu ao lado direito da meta cruzmaltina.

Apesar do domínio maior do ABC, o Vasco é que chegaria ao primeiro gol, aos 35 minutos. Douglas faz lançamento procurando Lucas Crispim, que divide com o zagueiro Sueliton e o goleiro Gilvan. A bola sobrou para Kleber, que viu a baliza vazia e emendou rasteiro, sem dominar, para abrir o placar na Arena das Dunas.

Aos 44, o Vasco quase aumentou o marcador. O lateral-direito Carlos Cesar fez ótima jogada, carregou a bola até a linha de fundo, passou pelo adversário e tocou para a pequena área. Totalmente livre, Dakson tentou chutar de primeira, mas Marlon evitou o segundo gol dos visitantes.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Na volta para o segundo tempo, aos cinco minutos, o ABC pressionou o Vasco de todas as formas. Fábio Bahia cruzou para Dênis Marques, que entrara no lugar de Rodrigo Silva. O atacante tentou uma bicicleta, mas furou. Na mesma jogada, João Paulo recebeu passe, Rodrigo não conseguiu travar e Martín Silva salvou os cariocas. A bola foi para escanteio. Na cobrança, o arqueiro cruzmaltino salvou de novo. 

Douglas vibra com o gol marcado sobre o ABC, na Arena das DunasDivulgação

Apesar da pressão, no entanto, seria o Vasco que chegaria ao segundo gol, assim como no primeiro. Dakson foi agarrado por Michel dentro da área e o árbitro assinalou penalidade máxima. Dono da camisa 10 do time, Douglas foi para a cobrança e bateu forte, no alto e no lado oposto do goleiro Gilvan, para aumentar a vantagem aos 14 minutos: 2 a 0.

Apesar do segundo gol tomado, o ABC continuou buscando ataque. Aos 19, Rodrigo, desatento, perde a bola para João Paulo, mas o atacante não consegue aproveitar a chance. No minuto seguinte, Marlon, desviou a bola após cruzamento. Ela tocou na trave de Martín Silva, mas o auxiliar de Wilton Pereira Sampaio já assinalava o impedimento do zagueiro.

O Vasco deu o troco aos 22. Com grande visão, Douglas viu Lucas Crispim e fez o lançamento. O atacante recebeu ótimo passe e entrou na área. Mesmo marcado, o atacante conseguiu bater em diagonal, mas Gilvan conseguiu fazer a defesa, esticando o pé esquerdo.

Com tantas tentativas, o ABC seria recompensando aos 41 minutos. João Paulo recebe lançamento e é derrubado por Henrique, que entrou no lugar do lateral Marlon. Dênis Marques foi para a cobrança e, com uma bela cavadinha, a bola tocou no travessão e diminuiu o placar.

O gol animou os anfitriões. Com apoio da torcida, o ABC se lançou ao ataque para tentar o empate. O lateral-direito Renato, importante peça de apoio do time, quase marcou. João Paulo também arriscou pelo lado esquerdo, mas sem sucesso. Apesar da pressão, o Vasco se segurou na defesa e conquistou os três pontos fora de casa.

ABC 1 x 2 Vasco

Estádio: Arena das Dunas (Natal)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Goiânia)
Público: 27.044 presentes
Gols: Kleber (35' 1ºT), Douglas (14' 2ºT), Dênis Marques (41' 2ºT)
Cartões Amarelos: Michel Brenhami (ABC); Douglas Silva, Marlon, Dakson e Rodrigo (Vasco)
Cartões Vermelhos: -

ABC: Gilvan; Renato, Sueliton, Marlon e Michel Brenhami; Fábio Bahia, Daniel Amora, Liel (João Henrique) e Rogerinho (Júnior Timbó); João Paulo e Rodrigo Silva (Dênis Marques)

Vasco: Martín Silva; Carlos Cesar, Rodrigo, Douglas Silva e Marlon (Henrique); Aranda, Fabrício, Dakson e Douglas; Lucas Crispim (Montoya) e Kleber (Edmilson)

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia