Papai Joel avisa: 'Subir é obrigação'

Treinador promete muito trabalhar para o Vasco dar a voltar por cima

Por O Dia

Rio - O domingo marcou a volta de Joel Santana ao Vasco. O técnico, que acertou o seu retorno ao clube na semana passada, esteve ontem pela manhã no CFZ, na Barra da Tijuca. Depois de conversar com os jogadores, ele observou a atividade, ao lado do diretor Rodrigo Caetano.

Joel Santana foi apresentando no CFZ neste domingoDivulgação

Em seguida, Papai Joel deu coletiva e prometeu muito trabalho para levar o Vasco de volta à Série A do Brasileirão. Sua estreia será amanhã, contra o Luverdense, em São Januário, pela Segundona.

“Não é hora de ficar falando muito. É hora de trabalhar, trabalhar e trabalhar para, no fim do ano, estar numa situação mais confortável. Estamos felizes, mas não estamos satisfeitos. Para isso, nós temos que fazer mais ainda”, afirmou Joel. Ele assumiu a missão de levar o Vasco de volta à elite: “Já passei outras vezes por situações difíceis e conseguimos sair. É uma obrigação nossa. Vamos sair. Venho mais uma vez feliz e satisfeito, com uma energia como se tivesse começando agora. O clube sempre me deu a mão. O meu histórico já conhecem.”

Joel encontra o clube numa situação mais tranquila. No sábado, o Vasco encerrou o jejum de vitórias, que já durava cinco partidas, ao derrotar o América-MG, sob o comando do interino Jorge Luiz. Assim, o time carioca voltou ao G-4 da Série B. “A missão mais difícil é sempre a próxima. Ganhamos e você não sabe como eu sofri, como nós sofremos. Era uma vitória que a gente precisava”, comentou Joel.

Neste domingo, os titulares fizeram atividade regenerativa, enquanto os reservas trabalharam sob o comando do auxiliar Marcelo Sales e do preparador físico Ronaldo Torres.