Por pedro.logato

Rio - Sob sol escaldante e cercado por seguranças à paisana e um carro da Polícia Militar, o diretor-executivo do Vasco, Rodrigo Caetano, chamou os jogadores à responsabilidade em uma conversa de 30 minutos, na reapresentação do grupo ontem à tarde no CFZ. Em pauta, a necessidade de uma reação imediata na Série B do Brasileiro, sábado, contra o ABC, no Maracanã.

Sem Joel%2C elenco do Vasco treinou no CFZDivulgação

Afinal, a vitória deixará o time mais perto da volta à elite, quebrará sua pior sequência na Segundona — duas derrotas e dois empates — e aliviará o clima pesado que tomou conta da Colina a uma semana da (tumultuada) eleição presidencial.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

“Tivemos um início difícil, não cabe aqui justificativas, mas deveríamos estar em situação melhor, disputando a liderança, o título. Mas tivemos tropeços e esperamos reagir rápido, já contra o ABC. Para isso, contamos com o apoio da torcida”, disse Rodrigo Caetano, que comandou a conversa sem o auxílio do técnico Joel Santana, liberado para fazer nova avaliação médica de sua recente operação na vesícula.

Durante a coletiva, após a conversa com o grupo, Rodrigo Caetano ainda convocou os torcedores para o jogo que tem sido tratado como decisivo pela diretoria. Além da transferência de São Januário para o Maracanã, para aliviar o clima político na Colina, o duelo terá a redução do preço dos ingressos. Vale tudo para incentivar a torcida a lotar o estádio.

“A gente calcula um número próximo de quarenta mil torcedores. Fizemos a promoção no preço dos ingressos e convocamos todos os vascaínos para apoiar os jogadores. Temos cinco decisões e a primeira será sábado”, ressaltou o dirigente, confiante de que tal iniciativa trará resultado.

Os ingressos para o decisivo duelo com o ABC vão custar entre R$ 30 e R$ 160, com direito à meia-entrada. A venda começa hoje, às 10h, em São Januário, exclusivamente para sócios do clube. Amanhã, a venda será na bilheteria 2 do Maracanã, para todos os torcedores.

Você pode gostar