Por pedro.logato

Rio - Os momentos difíceis ficaram para trás e o Vasco já começou a contagem regressiva para garantir matematicamente o regresso ao lugar de onde jamais deveria ter saído: a Série A do Brasileiro. A ideia da comissão técnica é aproveitar os dois próximos jogos em casa, contra Vila Nova-GO e Icasa para sacramentar a volta.

Vasco conseguiu vitória importante no sábadoDivulgação

No entanto, antes disso, o time comandado por Joel Santana tem o Ceará como adversário no próximo sábado, no Castelão. A equipe precisa melhorar o retrospecto fora de casa — só venceu cinco das 17 partidas que realizou longe do Rio na Série B.

“Passei para os jogadores que o time oscilou muito na competição. Só uma vez que conseguiu ser primeiro colocado. Perdemos jogos infantis, com gols infantis”, lembra o técnico Joel Santana, que ressalta a dificuldade de se chegar no meio da competição:

“Quem chega como eu cheguei, há dois meses tem que conhecer o plantel e suas limitações. Temos exemplos muito fortes. O futebol brasileiro tem cultura que tem de jogar para frente, mas tem momentos em que é necessário vencer. O que fica é o resultado final. Com cinquenta e nove pontos estamos perto. Faltam mais dois jogos em casa, dois fora de casa perigosos. Podemos definir o acesso em casa antes do último jogo”.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Segundo o matemático Tristão Garcia, o Vasco tem 96% de chance de subir. Para celebrar, o clube quer fazer seu último jogo em casa na competição, contra o Icasa, pela 37ª rodada, no Maracanã.

“É claro que São Januário tem muito valor, mas o Maracanã é muito bom. A situação está bem encaminhada para voltarmos aqui contra o Icasa. Tentamos o Vila Nova também, mas não deu por uma questão da concessionária”, disse o diretor executivo Rodrigo Caetano.

Você pode gostar