Joel Santana está com os dias contados

Diretoria esconde o jogo, mas procura um novo técnico para 2015

Por O Dia

Rio - Apesar de não admitir oficialmente a saída de Joel Santana, a diretoria do Vasco vasculha o mercado da bola atrás de opções para substituir o treinador. Depois de ver Ricardo Drubsky, do Goiás, e Eduardo Baptista, do Sport, cotados para o cargo, r<CW-5>enovarem seus contratos, o clube mantém um plano B e se concentra em outros dois nomes: Marquinhos Santos, do Coritiba, e Ricardinho, ex-jogador e atual técnico do Paraná. O nome do ex-zagueiro Gaúcho, que comandou a equipe no início do ano passado, corre por fora.

Joel Santana não deve continuarAlessandro Costa

O orçamento limitado fez a diretoria estipular um teto salarial de R$ 100 mil para o novo comandante. Por este motivo, o pensamento é apostar em alguém que esteja em um clube de menor investimento.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

O nome predileto da cúpula vascaína é o de Marquinhos Santos, por se encaixar no plano de fortalecer a base do clube. Campeão paranaense em 2013 pelo Coritiba e baiano, este ano, pelo Bahia, Marquinhos foi técnico das Seleções sub-15 e sub-17, que ganhou o título do Sul-Americano e teve como base a equipe infantil do Vasco. Ricardinho, por sua vez, agrada por ser jovem e procurar a oportunidade para comandar um time de projeção como o de São Januário.

Já Gaúcho seria uma opção caseira. Com trânsito livre com o presidente Eurico Miranda, um salário baixo e bom conhecimento da casa e dos jogadores, o ex-funcionário vascaíno tem chances (mesmo que remotas) de retornar à Colina em 2015.