Papai Joel sai magoado do Vascão

Técnico reclama da forma como foi dispensado pela diretoria

Por O Dia

Rio - Com duas frases em seu site oficial, o Vasco deu por encerrada a passagem do Papai Joel pelo clube: “O treinador Joel Santana deixa o comando técnico do Vasco a partir de quinta-feira. Por toda a sua história em nosso clube agradecemos o trabalho realizado e desejamos sucesso na continuidade de uma carreira vitoriosa.”

Joel Santana está fora do VascoBruno de Lima

Profissional experiente, Joel não gostou nada da maneira como foi dispensado após conseguir o acesso à Série A do Brasileiro. Irritado, disse que o telefone vem tocando bastante, seja para dar entrevistas ou para propostas de clubes: “Todo mundo me liga. Você me ligou. Você vai vender jornal com isso. Acho que temos que ter naturalidade”, afirmou.

E fez um desabafo: “Peguei o Vasco faltando três meses para acabar, depois de ter tomado de 5 a 0 em São Januário, sem tempo para treinar. Queria que tivessem tido mais sensibilidade. Não acho justa (a demissão). Liga para o Eurico (Miranda, presidente) e para o Zé (do Táxi, vice de futebol). Eles é que têm que falar. Não eu”, reclamou.

Joel faz questão de lembrar que ninguém queria assumir o Vasco após a demissão de Adilson Batista na fatídica goleada para o Avaí, na pior derrota em São Januário na história do clube.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

“Quantos (técnicos) quiseram antes (assumir o Vasco)? Agora estou de stand by, com o curió na mão. Eles é que têm que explicar a minha saída. Foi mal conduzido e não precisava ser assim. Podiam ter conversado: ‘Joel não temos grana para te pagar.’”.

Para 2015, o Papai não descarta a missão de salvar outro gigante carioca que acabou rebaixado. Ele garante que já teve tarefas bem mais complicadas no Botafogo. “Eu assumi da última vez depois de um 6 a 0. E o que aconteceu? Fomos campeões no Carioca! Se o Botafogo achar que posso tirar o time (dessa situação), eu tiro. Seria um prazer”, destacou Joel, que assumiu o lugar de Estevam Soares, logo após a goleada para o Vasco, no Engenhão.</CW><CW-18>

Joel, que completa 66 anos no dia 25, afirma que já teve antecipadamente seu presente de Natal e de aniversário, mas não se incomodaria em fazer um novo pedido ao Papai Noel. “Já pedi de Natal e aniversário que o Vasco fosse para a Primeira Divisão. Quem sabe não peço para o Botafogo no ano que vem”, encerrou o treinador.