Doriva pronto para levantar o Vasco

Técnico prega espírito vencedor e não menospreza estreia em amistoso contra o Flamengo: 'Não vou tirar o peso deste duelo'

Por O Dia

Rio - A missão não é fácil. Com 42 anos e há apenas um como treinador, Doriva inicia o trabalho no Vasco com a obrigação de montar um novo grupo, preparar um time competitivo e, o principal, ter que devolver a confiança e o orgulho ao torcedor após a apagada participação na Série B do Brasileiro. Para complicar, o tempo é curto e o técnico, o mais novo no futebol carioca, já convive com a pressão de ter de estrear com um bom resultado diante do Flamengo, dia 21, quando os arquirrivais duelam em torneio amistoso em Manaus.

Doriva destaca ambição em ser campeão pelo VascoErnesto Carriço

Experiente no futebol, Doriva, um aplicado ex-jogador, mesmo há pouco tempo na Cidade Maravilhosa, entende a filosofia dos torcedores e já sabe o que eles esperam. Mesmo que servindo de preparação para a temporada, o clássico será encarado como uma "final".

“Depois de disputar a Série B, existe a expectativa do torcedor. O clássico com o Flamengo sempre vale alguma coisa, a rivalidade é grande. Vamos nos preparar bem para esse jogo, não vamos tirar o peso desse duelo, mas não podemos esquecer que teremos uma temporada inteira pela frente. A gente vai fazer o possível para vencer”, garante o otimista treinador.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Campeão paulista em 2014 no comando do Ituano, Doriva quer alçar voos mais altos na carreira. Por isso, uma das prioridades desde a sua chegada é trabalhar, também, o lado psicológico dos atletas.

“A gente visa ao título, sempre. Tento passar isso aos jogadores, que eles têm de ter uma visão vencedora ao vestir a camisa do Vasco”, disse o treinador, que acrescentou: “Sou uma pessoa ambiciosa e espero que os atletas também sejam.”

Mesmo satisfeito com o grupo montado pela diretoria, Doriva ainda espera por um centroavante e um meia de ligação. Ele também quer o apoio de um "reforço" específico.

“É o momento de conquistar o torcedor novamente. Para isso, preciso mostrar performance e atitude. Vamos trabalhar a vontade de vencer e a ambição em campo”, promete.

Com elenco inchado, atletas ficarão fora do Carioca

Antes mesmo de o Vasco encerrar o seu ciclo de contratações, a comissão técnica terá que tomar uma difícil decisão. Com 36 jogadores no grupo, o clube já começa a estudar quais serão os nomes que vão ficar fora do Estadual. Apenas 25 atletas de linha e três goleiros poderão ser inscritos no Campeonato Carioca.

“Vim para Pinheiral muito por conta disso, para ter uma conversa franca com o grupo sobre esta situação. Eles vão saber que nem todo mundo poderá atuar no Estadual”, admitiu o gerente de futebol do Vasco, Paulo Angioni, nesta sexta-feira.

Já o técnico Doriva foi além e revelou que alguns nomes não aproveitados podem até mesmo ser negociados.

“Ainda não definimos isso. O elenco é grande e alguns vão ficar fora. Vamos definir o que faremos com eles”, completou o treinador.