Vasco à espera do seu capitão

Em recuperação, Guiñazu, fora da primeira lista, tenta voltar antes de prazo final

Por O Dia

Rio - O tempo é curto, mas a esperança continua viva. Fora da lista inicial de inscritos para o Carioca, Guiñazu, que se recupera de uma artroscopia no joelho esquerdo, corre contra o tempo para voltar e ser incluído no grupo antes do prazo final. A princípio, o capitão do time precisaria de 45 a 60 dias de tratamento, mas, com o empenho de sempre, já começa a deixar o departamento médico do clube otimista.

Guiñazu passou por uma artroscopia no joelhoDivulgação

O Vasco divulgou a lista com os 27 jogadores que vão poder atuar no Estadual, deixou quatro vagas em aberto e terá até a décima rodada da Taça Guanabara (entre os dias 14 e 15 de março) para definir qual será o elenco para o restante da competição. Com 36 anos, Guiñazu é a referência do time e já intensificou os trabalhos para não ficar fora.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Além das duas sessões de fisioterapia em São Januário, o camisa 5 também tem se tratado em casa acompanhado por profissionais do clube. E os médicos já acreditam que ele poderá estar pronto muito antes do previsto. Enquanto a data da volta do Cholo Loco não tem data confirmada, seus companheiros sofrem com a ausência do volante.

“É um cara que faz falta em todos os momentos. Em campo e no vestiário, a presença dele é importante para o time”, admitiu Luan. “Guiñazu é a referência e tem sido uma grande responsabilidade substituí-lo”, completou Lucas, que entrou no time após a lesão do argentino.

Além de Guiñazu, alguns dos reforços contratados pelo Gigante para esta temporada também ficaram fora da lista enviada terça-feira para a federação carioca. São eles: Aislan, Bruno Ferreira, Erick Luis, Erick Daltro e Matheus Índio.

JORGE HENRIQUE É OFERECIDO

Ainda em busca de reforços, a diretoria do Vasco já teria iniciado mais uma negociação. O atacante Jorge Henrique, atualmente no Internacional, teria sido oferecido ao clube. Com 32 anos, o jogador estaria fora dos planos do técnico Diego Aguirre e o Colorado se mostrado aberto a aceitar o empréstimo até o fim desta temporada. O Gigante agora avalia termos do acordo, já que o valor do salário do atleta é considerado alto na Colina, para então fazer a proposta oficial.

Em recuperação de uma lesão na panturrilha direita, Jorge Henrique teria irritado a comissão técnica do Inter após mais um ato de indisciplina. Na ocasião, o jogador foi multado e informado que seria negociado. Neste caso, o Vasco vai ter que arcar com 100% do salário do atleta.