Bernardo chega a 100 jogos pelo Vasco e enfim vive protagonismo no clube

Apoiador comanda a equipe contra o Madureira nesta quinta

Por O Dia

Rio - Bernardo sempre viveu o Vasco intensamente e nem sempre com momentos felizes. Mas o tempo é o melhor remédio para qualquer relação. Entre idas e vindas, nesta quinta-feira, às 21h, contra o Madureira, em São Januário, o apoiador, ainda visto como xodó por parte da torcida, chegará à marca de 100 jogos com a camisa do Gigante. Número que vem em bom momento. Autor de um gol na estreia no Estadual, o atleta se mostra amadurecido e finalmente parece ter se firmado entre os titulares.

Bernardo (E) vai completar 100 partidas pelo VascãoDivulgação

Até então visto como uma das promessas do futebol brasileiro, Bernardo foi contratado pelo Vasco em 2011. No primeiro ano, tudo bem. Na temporada seguinte, entretanto, o jogador entrou na Justiça cobrando o pagamento de salários atrasados e acabou negociado por empréstimo para o Santos. Sem espaço no Peixe, foi devolvido em 2013, mas uma grave lesão no joelho esquerdo o tirou de campo por sete meses.

Sem sequência de jogo, continuou entre os reservas até ser novamente emprestado ano passado. No Palmeiras, não agradou e quase foi renegociado para o Vitória. Porém, com a chegada de Doriva em dezembro, o apoiador, hoje com 24 anos, ganhou nova chance no Gigante.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Carioca

“Bernardo está se esforçando muito e tem se desdobrado para fazer o que propomos. Tenho certeza de que está focado. É jovem, talentoso e tem tudo para fazer uma grande temporada”, disse o treinador. E é justamente o que o atleta busca. Ciente de que esta pode ser uma de suas últimas oportunidades em São Januário, Bernardo parece amadurecido. Na estreia no Carioca, abriu o placar na vitória do Vasco sobre a Cabofriense e não escondeu a emoção ao comemorar.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

“Que seja um ano brilhante para mim e o Vasco”, afirmou o jogador, ao site oficial do clube. O protagonismo há muito tempo buscado está perto e Bernardo terá noção de sua importância mais tarde, quando de novo reencontrará a torcida do Vasco no Caldeirão.

Jean Patrick é operado e para por três meses

Depois de Guiñazu, o Vasco teve a sua segunda baixa nesta temporada. Jean Patrick, volante que estava sendo utilizado de forma improvisada na lateral direita, foi submetido ontem a uma cirurgia por causa de uma fratura no tornozelo esquerdo. Ele deve ficar com o pé imobilizado por uma semana e inativo de dois a três meses.

Já o argentino Guiñazu segue sua surpreendente recuperação. O volante, que operou o joelho esquerdo, já fez trabalhos físicos em campo.