Por pedro.logato

Rio - O paraguaio Julio dos Santos já conheceu as belezas do Rio, entende bem o português e, pai de uma filha brasileira, não teve dificuldades de adaptação no país. Se tudo vai bem fora das quatro linhas, em campo o paraguaio está bem perto de alcançar um objetivo especial: se firmar como titular no time do Vasco. A chance veio no clássico com o Fluminense e ele não a desperdiçou. Cheio de moral com o técnico Doriva, ainda promete evoluir nos próximos jogos.

Contratado no início do ano, Julio dos Santos, 31 anos, chegou ao Vasco com status de titular depois de ter sido artilheiro da Libertadores de 2014 pelo Cerro Porteño. Entretanto, amargou o banco de reservas e teve de recomeçar do zero.

Julio dos Santos em treino do VascoUanderson Fernandes

“Foi frustrante, pois todo jogador gosta de atuar. Ninguém quer ficar fora, mas também tentei ser paciente. Vim para um futebol muito competitivo. Sabia que a oportunidade ia aparecer. A chance surgiu e acho que fui bem. Agora é tentar melhorar. Tenho muito futebol para demonstrar e fico feliz de ajudar o Vasco”, afirmou.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Para Doriva, Julio dos Santos convenceu. Ele mostrou boa movimentação, bom passe e foi importante na vitória por 1 a 0 contra o Fluminense por agregar qualidade ao time. É justamente desse jeito que o paraguaio espera ser reconhecido no clube.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Carioca

“Fui artilheiro da Libertadores, mas nunca fui de marcar muitos gols. Meu jeito de atuar sempre foi na armação. Gosto quando deixo outros jogadores em condições de fazer os gols. É esse tipo de futebol que sei que posso render”, disse Julio dos Santos, feliz no Vasco e completamente adaptado ao Rio de Janeiro após os dois primeiros meses na cidade:

“Morar no Rio e defender um clube com a grandeza do Vasco me deixam muito feliz. Sou um privilegiado por estar aqui e espero ficar por mais tempo.”

Campanha para obras no Ginásio chega a 35% da meta

Dois dias depois de lançar a campanha de crowdfunding (financiamento coletivo) “Herdeiros da Cruz de Malta” com o objetivo de reformar o Ginásio do Estádio de São Januário, o Vasco publicou em seu site oficial que cerca de R$ 65 mil já foram doados pelos torcedores. O valor equivale a 35% do total necessário para a obra.

A ideia é que em 60 dias o clube consiga alcançar a meta de R$ 185 mil — dinheiro necessário para revitalizar o espaço. Os torcedores podem escolher cotas de valores que variam entre R$ 10 e R$ 10 mil. Para cada contribuição, o Gigante da Colina prepara um tipo de recompensa.

O retorno dado pelos vascaínos agradou a diretoria, já que trata-se do primeiro de uma série de projetos de revitalizações em São Januários pelo método de financiamento coletivo.

Você pode gostar