Feliz 'pela melhor escolha', Dagoberto chega ao Vasco: 'É um clube gigante'

Atacante é 18° reforço cruzmaltino na temporada e demonstra confiança em sua chegada ao clube carioca

Por O Dia

Rio - Após quase uma hora de atraso, o atacante Dagoberto finalmente foi apresentado pelo Vasco na tarde desta quarta-feira, em São Januário. Ao lado do presidente Eurico Miranda, do vice-presidente geral Fernando Horta, do vice-presidente de futebol José Luiz Moreira e do segundo vice-presidente geral Silvio Godoy, o jogador vestiu a camisa do Vasco e, animado em poder jogar no Rio, falou sobre a responsabilidade de ser uma das principais contratações do clube nesta temporada.

Multicampeão%2C Dagoberto é mais uma opção para o ataque do VascoDivulgação

"Responsabilidade é uma coisa boa, tem algo a oferecer. Onde passei sempre tive responsabilidade. Fico muito grato por essa confiança que depositaram em mim. Conversei com Nei e com Guiñazu e eles me passaram coisas boas. Confiança, objetivo. Isso me motivou muito. Que a gente possa estar com essa responsabilidade ao longo do ano. Joguei contra o Vasco e sei como é difícil. É um clube gigante. Que dentro de campo podemos mostrar isso", afirmou Dagoberto.

LEIA MAIS: Doriva elogia defesa do Vasco e avisa: 'Estamos apostando no trabalho'

Com contrato de empréstimo até dezembro de 2015, o atacante está convicto de que fez a melhor escolha. Animado, ele não vê a hora de poder estrear com a camisa vascaína.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

"Gostaria de agradecer ao presidente e a todos pela confiança. Estou começando um ciclo. Tive algumas propostas do Brasil, outras de fora também. Dentro da situação que eu me encontrava, foi a melhor escolha. Sentamos, conversamos, foi muito rápido. Estou feliz e isso é o mais importante. Com muita vontade de jogar bola novamente", acrescentou.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Carioca

Dagoberto tem no currículo uma vasta bagagem de títulos. Modesto, ele espera poder repetir no Vasco o caminho de vitórias que obteve no Atlético-PR, São Paulo e Cruzeiro.

"Tenho a certeza de que tenho muito a acrescentar, mas é um esporte coletivo e todas as peças têm de funcionar. Sou uma peça no tabuleiro. Vi uma galera muito boa aqui. Estou muito feliz", finalizou.

Colaborou Jéssica Rocha