Alto astral toma conta do artilheiro Gilberto

Após o primeiro gol marcado, atacante deixa ansiedade para trás e abre o sorriso na Colina

Por O Dia

Rio - Os dias de incerteza, de ansiedade e preocupação passaram. Muito mais que provar o seu valor em um novo clube, Gilberto, ao pegar a bola de seus companheiros para, de pênalti, marcar o gol da vitória do Vasco contra o Bonsucesso, buscava sossego. A cobrança pelo primeiro feito começa a dar lugar à tranquilidade e faz o centroavante já abrir o sorriso na Colina.

“O sorriso voltou legal, né? A gente vive essa tensão, pois atacante que fazer gols toda hora. Comigo não é diferente. Por isso a cobrança”, admitiu Gilberto, antes de filosofar: “Pode ser que vá sair (gol) a toda hora, pode ser que não (risos).”

Gilberto conquista espaço e agrada ao técnico DorivaCarlos Moraes

O alto astral do jogador tem justificativa. Contratado por empréstimo junto ao Toronto FC, do Canadá, até o fim do ano após um período de dez dias de treinamentos em São Januário, Gilberto chegou para acabar com a carência do ataque e, desconhecido de grande parte dos torcedores, vencer a desconfiança.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Na estreia no clássico com o Fluminense agradou. Contra o Bangu, mostrou novamente desenvoltura. A bola, entretanto, teimou em não entrar. Com o gol marcado e sem o peso sobre as costas, Gilberto agora espera continuar ajudando o Vasco. E não esconde a empolgação com a sequência do campeonato.

“Chegamos à liderança, mas precisamos ter em mente que não conquistamos nada ainda. Precisamos seguir firmes, pois tenho certeza que a dificuldade vai aumentar a partir de agora. Todos querem ganhar do líder e sabemos que isso vai acontecer com a gente”, afirmou.

Contra o Resende, amanhã, Gilberto terá mais uma chance de fazer o primeiro gol em São Januário. Em vez de promessa, ele, porém, preferiu ressaltar a qualidade do adversário. “A gente vai jogar em casa, local onde temos de tomar a iniciativa sempre. Mas precisamos respeitar o Resende. Desse jeito, a gente se preserva e consegue a vitória”, disse Gilberto, que pediu desculpas por ter insistido em cobrar a penalidade, domingo.

POR MELHORA, DORIVA BUSCA NOVO TIME

O treino em São Januário, não foi suficiente para indicar o time que vai entrar em campo amanhã contra o Resende. No entanto, ao que tudo indica, o técnico Doriva deve promover mudanças em relação ao Vasco que entrou em campo diante do Bonsucesso. O lateral-esquerdo Christiano e o atacante Rafael Silva foram para a reserva. Nos lugares deles, Lorran, Jhon Cley e Bernardo foram testados. Os dois últimos disputando a vaga na frente.

O time inicial treinou com Martín Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Lorran; Serginho, Guiñazu, Julio dos Santos, Marcinho e Jhon Cley; Gilberto. Dagoberto, que ainda aprimora a forma física, não ficou nem entre os reservas. Ele só deve estrear domingo, contra o Nova Iguaçu.