Xodó tem novo recomeço no Vasco

Bernardo aproveita chance de Doriva, ganha moral e é cotado para voltar ao time titular

Por O Dia

Rio - Se o Vasco voltou para o Rio ainda frustrado por ter desperdiçado a chance de eliminar a segunda partida contra o Rio Branco (AC), pela Copa do Brasil, um jogador tem motivos de sobra para comemorar após os 2 a 1. Bernardo, que havia ganhado uma última chance na equipe após mais um ato de indisciplina, foi autor das duas assistências e convenceu o técnico Doriva, que agora já pensa em utilizá-lo como titular também nos jogos decisivos do Carioca.

Bernardo teve boa atuação nesta quarta-feiraAndré Mourão

Bernardo já havia perdido espaço na equipe. Reserva, ganhou a chance de substituir Dagoberto contra o Flamengo. Entrou bem, mas foi expulso. Após cumprir suspensão automática, viu surgir uma nova oportunidade. O jogador seria titular contra o Botafogo, mas perdeu a hora, chegou atrasado ao treino da véspera e acabou cortado.

“Ele me disse que ia a um casamento, mas que voltaria cedo para não perder o treino. Parece que o Bernardo colocou o celular para carregar, e ele não carregou. Por isso, com o aparelho descarregado, perdeu a hora e chegou atrasado ao treino”, revelou Hélio, pai do atleta, em entrevista à Rádio Brasil.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Verdade é que Bernardo, que chegou a se reunir na segunda-feira com a comissão técnica, não deixou-se abater com chance de afastamento. Na conversa, Doriva prometeu dar uma nova chance ao jogador. E o apoiador a agarrou. Embora não tenha participado do treino de ontem, em São Januário, Bernardo aparece como favorito a assumir uma vaga entre os titulares para a partida de domingo, contra o Friburguense.

A tendência é a de que o jogador, que disputa a posição com o jovem Yago, forme dupla de ataque com Gilberto. Enquanto o time mistão, que viajou para o Acre, não entrou em campo, os titulares enfrentaram a equipe de juniores em um animado coletivo.</CW>

CLUBE FECHADO E FOLGA

Com Eurico Miranda de novo na presidência do Vasco, o clube voltou à tradição de não abrir na Sexta-feira Santa e os jogadores estão de folga.