Por edsel.britto

Rio - O meia-atacante Bernardo ganhou elogios, mas também um recado direto do presidente Eurico Miranda. Comparando o jogador a um aluno na escola, o dirigente comentou o episódio em que Bernardo foi afastado por um jogo após chegar atrasado ao treino na véspera do clássico com o Botafogo, domingo passado.

Bernardo foi barrado contra o Botafogo por se atrasar em um treinoMarcelo Sadio/Vasco da Gama/Divulgação

“O problema que o Bernardo teve foi devidamente resolvido. São punições normais que eles já sabiam que existiam antes de iniciar (o campeonato). Claro que se reincidir no erro a punição é maior. Ele não procedeu corretamente e teve a punição que deveria ter, mas ainda acredito muito no potencial dele. Todos têm os seus deveres a cumprir. Se não cumprir é penalizado. Mas isso não impede que não continue na escola”, afirmou o presidente.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Após o ato de indisciplina, Bernardo ganhou nova chance no jogo contra o Rio Branco, do Acre, pela Copa do Brasil, e teve boa participação, com duas assistências.

VOLTA AOS TREINOS

O time vascaíno retoma os treinos hoje de manhã após a folga da Sexta-Feira Santa. De volta ao Vasco, o presidente Eurico Miranda determinou o fechamento das sedes no feriado, retomando uma tradição no clube.

Nesta, o Vasco encara o Friburguense, no Estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo. O Clube da Colina está na quarta posição no Campeonato Carioca, com 30 pontos, dois a menos do que o líder Flamengo. Botafogo e Madureira têm o mesmo número de pontos, mas estão na frente pelo saldo de gols.

Com Luan de volta à zaga, o técnico Doriva deve escalar o time titular diante do Friburguense com Martín, Madson, Luan, Rodrigo e Christiano; Serginho, Lucas, Julio dos Santos e Jhon Cley; Bernardo e Gilberto.

Você pode gostar