Dagoberto faz tratamento ortomolecular para se recuperar e ajudar o Vasco

Após sentir lesão na coxa direita, atacante tem realizado trabalho de fortalecimento e recuperação muscular

Por O Dia

Rio - Dagoberto ainda não deve retornar ao time do Vasco na partida contra o Flamengo, no próximo domingo. O atacante, que chegou ao Cruzmaltino no início do ano, tem desfalcado a equipe desde a quinta rodada do Campeonato Brasileiro, quando sentiu uma lesão na coxa direita. Desde então, o jogador tem realizado trabalho específico de recuperação, incluindo tratamento ortomolecular.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Além do problema muscular, Dagoberto pediu à comissão técnica vascaína para fazer fortaleciomento e recuperação específica, para readquirir condicionamento físico. O jogador apresentava quadro de fadiga desproporcional e central.

Dagoberto tem realizado trabalho separado no VascoDivulgação

"Resolvi tomar essa atitude porque não estava bem. Vinha jogando com dores e meu corpo precisava de um recondicionamento. Cheguei ao Vasco com o objetivo de ajudar o clube neste momento tão importante, de reconstrução, mas não estava me sentindo bem fisicamente e, com isso, não estava conseguindo ajudar os meus companheiros da maneira como eu gostaria. Por isso, busquei uma alternativa para melhorar a saúde do meu corpo, pois eu quero e sei que tenho capacidade de ajudar muito mais. Para que isso aconteça, preciso estar em plenas condições", explicou o atacante.

De olho na primeira vitória do Vasco no Brasileirão, Dagoberto afirmou que poderá reforçar a equipe em breve e projetou uma melhora nas atuações vascaínas. O próximo desafio do Cruzmaltino será contra o Flamengo, no domingo, às 18h30, na Arena Pantanal.

"O tratamento está maravilhoso e não vejo a hora de voltar a jogar para poder retribuir todo esse carinho e ajudar o time a reconquistar as vitórias. A nossa equipe é boa e tenho plena convicção de que logo iremos começar a ganhar. O Vasco é gigante e precisa estar brigando na parte de cima da tabela. E assim será", concluiu.