Vasco tem quatro decisões pela frente

Jogos podem tirar time do Z-4 ou afundá-lo mais

Por O Dia

Rio - Para fugir da zona da degola e ganhar novo fôlego no Campeonato Brasileiro, o Vasco precisa ter nos próximos quatro jogos um aproveitamento muito superior aos 25% alcançados até agora em 16 rodadas. Ainda mais que os adversários são concorrentes diretos na briga para fugir do Z-4.

Vasco terá confrontos diretos em breveBruno de Lima / Agência O Dia

O Joinville, adversário de domingo, às 11h, no Maracanã, por exemplo, tem a mesma pontuação que o Vasco, 12 pontos. Mas o time catarinense ocupa o 18º lugar, pois tem melhor saldo de gols que o Gigante da Colina, (-10 contra -21).

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Já o Coritiba, rival do dia 16 e lanterninha do Brasileiro, também soma os mesmos 12 pontos, mas tem uma vitória a menos que Vasco e Joinville (3 a 2). A situação do Goiás, rival do dia 23, é um pouco menos pior que a dos demais. Mesmo ocupando a 17ª posição, tem 14 pontos, dois a mais que os adversários, apesar de estar na zona da degola. Já o Santos — confronto do próximo dia 12 — está em 15º lugar, com 17 pontos, e fora da zona de rebaixamento, mas bem perto do grupo de risco na competição.

Por tudo isso, os quatro confrontos são os chamados jogos de seis pontos, que podem tirar o Vasco das últimas posições da tabela ou afundá-lo ainda mais.

Em momento tão difícil, nada melhor do que contar com a força da torcida. Para atrair novamente os vascaínos aos jogos, o departamento de marketing do clube prepara uma campanha nas redes sociais para levar 30 mil torcedores ao estádio. Haverá o lançamento de uma nova camisa e várias promoções. Resta saber se o torcedor irá.