Vasco vê semana de treinamentos como primordial para dar reviravolta no ano

Gigante da Colina só volta a jogar no próximo domingo

Por O Dia

Rio - Em situação crítica no Brasileirão, o Vasco está vivendo a sua maior sequência sem jogos na competição, desde a chegada de Celso Roth há pouco mais de um mês. Com isso, os jogadores vascaínos estão fortalecendo a parte física e técnica para buscar uma reviravolta na competição. Segundo o preparador físico, Paulo Paixão, esta é a hora da retomada da equipe na temporada.

Vasco vem se preparando para duelo contra o Joinville no próximo dia 9Paulo Fernandes/Vasco.com.br

"Essa parada tem de ser aproveitada pelo Vasco. A sequência de muitos jogos fazem com que os atletas percam força a cada rodada. Por isso, é necessário fazer um trabalho que busque reequilibrar toda essa parte de força muscular localizada, a força explosiva. São trabalhos intervalados com corridas longas e curtas, que têm como objetivo reagrupar fisicamente o grupo de jogadores para suportar o fim desse turno e todo o segundo turno que vem pela frente, além dos jogos da Copa do Brasil, competição na qual esperamos seguir avançando", afirmou.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Em 16 partidas, o clube da Colina venceu apenas três jogos, empatou outros três e sofreu dez derrotas. Um primeiro turno bem diferente do que foi o primeiro semestre, quando o Vasco levantou o título do Carioca, quebrando um jejum de 12 anos sem título. Segundo Paixão, a equipe carioca sofreu uma reformulação muito grande no elenco, o que vem prejudicando o desempenho de determinados atletas.

"Tivemos alguns jogadores que chegaram depois, outros voltando de lesão e atletas convocados para seleções de base que não fizeram a pré-temporada junto com o grupo. Não podemos ter o preciosismo de garantir que vamos resolver essa questão, mas podemos nos aproximar ao máximo do equilíbrio ideal que objetivamos", concluiu.