Celso Roth comemora vinda de reforços e deixa Luan como dúvida no domingo

Zagueiro, que saiu do treinamento da última quinta com dores, iniciou um tratamento intensivo na coxa e só poderá ser confirmado contra o Joinville na atividade deste sábado

Por O Dia

Rio - A chegada de Jorge Henrique e Nenê parece ter dado uma esperança a mais no elenco e, principalmente, para Celso Roth. O técnico, que comemorou a vinda dos reforços ao Vasco, fez questão de  ressaltar as qualidades dos novos jogadores e disse que não vê a hora da duplla ajudar o Cruzmaltino a sair da situação crítica que enfrenta atualmente no Campeonato Brasileiro. 

"Nenê e Jorge tiveram sim a minha participação. Os demais já estavam encaminhados. Nos conversamos, dividimos opiniões e felizmente a direção chegou a um acordo. Jorge é absolutamente tático. Começou como atacante no Santa, rápido, muitos gols. E depois se adaptou ao lado de campo. Taticamente muito bom alem da qualidade técnica.  Nenê ficou muito tempo fora do país, trabalha em qualquer posição da linha de três do lado do campo ou por dentro. Vamos ver como ele esta fisicamente. Que os dois nos ajudem o mais rapidamente possível", afirmou o comandante. 

Celso Roth comenta chegada de reforços em São JanuárioCarlos Moraes

No domingo, o Vasco tem pela frente um adversário direto na luta para sair da zona de rebaixamento. De olho no jogo contra o Joinville, no Maracanã, Celso Roth pregou cautela e ressaltou que a equipe terá partidas decisivas nos próximos dias.

"São partidas boas, normais, decisivas, contra times da parte de baixo da tabela. Partidas que a gente tem que somar os três pontos. Não podemos encarar de outra forma. O foco principal sempre equilibrar a equipe da melhor maneira possível. Trabalhamos várias situações de posicionamento, movimentação... Mas uma semana é muito pouco. Conversarmos bastante e arrumamos algumas coisas. Vamos ver se vai dar frutos no domingo", acrescentou.

O lema foi mistério em São Januário na manhã desta sexta-feira. Após treino fechado à imprensa, o que deu para notar é que o zagueiro Luan, que havia saído com dores musculares na atividade da última quinta, iniciou um tratamento intensivo na coxa e terá o sábado para saber se enfrenta o Joinville. 

"Ele tem que ficar chateado mesmo. Depois de uma semana de treinos, sentiu um desconforto. Não treinou nesta sexta e deve trabalhar amanhã (sábado). Se treinar, pode ter condições de jogar", finalizou. 

Com apenas 12 pontos, o Vasco armaga a zona de rebaixamento na 19º colocação do Campeonato Brasileiro. O Cruzmaltino tem contra o Joiville, no domingo, às 11h, no Maracanã, a chance de desbancar seu adversário direito na luta contra a degola.